Se ele pode adotar você também pode

Filhote de macaco de três meses se segura nas costas de um vira-lata, perto do templo budista de Tung Luang, na província de Chiang Mai, na Tailândia. A mãe do macaco foi morta por caçadores e o cachorro acabou adotando o amigo. Ambos dividem a comida e a água que recebem das pessoas na rua. Fonte: TERRA

Clique para aumentar a imagem e ver a MEL de perto (meu coração está balançando por ela)

Essa abaixo é a A Pérola - Ela tem 2 anos, é mestiça de Labrador e já está castrada e vacinada.
É superdócil e se dá bem com outros cachorros. Embora não seja levada e nem agitada, ela precisa de espaço para correr e brincar. É bastante atenta e toma conta da casa!

Contatos com Denise:mellofo@terra.com.br
(11) 4702-2206 e 8447-4859
Cotia, SP



Que bom seria se todos os humanos pudessem ver a humanidade perfeita de um cão!

Aproveito este post com uma noticia boa - Lembram da Meg que apareceu aqui algumas semanas atrás? Ela FINALMENTE foi ADOTADA!
Agradeço em nome da Meg a todos que se precocuparam e ajudaram com a divulgação.

Michael Jackson em sua última regência

Qua, 28 Out, 10h32
Por Rafael Alvez, da Redação Yahoo! Brasil

Sua voz baixa, sem força, durante as conversas em meio aos ensaios, parece transmitir uma alma perdida. Mera aparência. Quando canta e dança, o artista mostra toda a sua força e, para variar, impressiona. Com o filme que documenta os preparativos para sua primeira turnê em 12 anos, Michael Jackson joga por terra as especulações sobre seu estado de espírito (e de corpo) pouco antes de sua morte. A mensagem mais nítida de "This Is It" é que o mundo perdeu um excepcional artista que vivia uma fase criativa...

Antes de contar pra vocês o porquê deste assunto, gostaria de dizer que essa semana estou muito assoberbada, uau! Assoberbada foi demais heim! Mas tem sido assim que eu me sinto.
Ontem pela primeira vez em anos cai dura no sofá em plena três horas da tarde, acordei comi alguma coisa e dormi de novo. Fazia tempo que não sentia tamanho cansaço.

O fato é que estou tentando tirar as coisas do caminho para começar a organização depois da reforma. Ir colocando um pouco mais as coisas nos lugares, arrumar novos espaços... Não agüento mais viver com a sensação de estar acampada.

Por outro lado, não gosto de deixar o blog parado, e devo dizer que não é por falta de assunto, mas por pura falta de tempo mesmo – Eu adoro esses encontros diários que mantemos por aqui. É bom postar, é bom ver outros blogs, comentar... Eu tenho muito prazer aqui.

Então, hoje, como estou sem tempo para preparar o meu post, e como uma mãe coruja que sou, indico uma noticia saída do forno escrita pelo meu filho Rafael direto do Yahoo Brasil onde ele também é editor.
O artigo conta um pouco sobre o que o "rei do pop" buscava para marcar sua reaparição no palco, que incluía a tela de cristal líquido em três dimensões, a maior do mundo, e um sem-fim de dançarinos, acrobacias, um coro de crianças e pelo menos dez vídeos originais.

Hoje pela manha lendo a noticia, não pude deixar de puxar pela memória para lembrar um sobre a primeira vez que levei o Rafa a um estádio para assistir um show.


Ele tinha 11 anos e me pediu para assistir ao show do Michael Jackson que se apresentou pela primeira vez no Brasil com a turnê Dangerous World Tour em 1993 no Morumbi.

Até hoje não sei se foi mesmo para ver Michael Jackson ou pelo fato da apresentação ter sido no estádio do coração –
O Morumbi. Alguém dúvida que ele é Sao Paulino?
O causo é que na hora que Michael aparece no centro do palco e, fica estático por cerca de três minutos, levando a platéia à histeria absoluta, não dá para duvidar o que esperava aqueles milhares de fãs ali.

O auge desse show eu me lembro ate hoje, foi quando Michael cantou “Thriller”.

Surgiam monstros, zumbis e esqueletos que se moviam como se tivesse vida própria se unindo a Michael no palco, para compor o espetáculo de horror. No final da canção Michael coloca uma máscara de lobisomem, o efeito é perfeito e assombroso. Inesquecível.

Bom, como diria a nossa amiga Lidiane vou parar com o tró-ló-ló e deixar vocês lerem.

Espero que gostem!

Ralouin?! Só se for com carne seca!

Ilustração: José Luiz Ohi/Reprodução Sosaci

A idéia é de se homenagear o personagem do folclore nacional mais conhecido e descrito na literatura no mesmo dia em que nos Estados Unidos se comemora o Dia das Bruxas, ou o Raloin na grafia dos saciólogos.

Algumas cidades brasileiras, como São Paulo já aprovaram leis que institui a data como dia do Saci e pela preservação da cultura nacional, mas o projeto que institui a data em âmbito nacional, ainda aguarda aprovação no Congresso Nacional.
Neste sábado (31) comemora-se o Dia do Saci, data em contraposição ao Dia das Bruxas (ou Halloween), ainda não-oficial, que é objeto de um abaixo-assinado da entidade - Entre nessa também!
Comida de Saci moderno - Risoto de Carne seca com abóbora
Ingredientes
Arroz arbóreo
Caldo de legumes
Carne seca desfiada
Abobora picada
Salsinha
Cebola
Pimenta do reino
Manteiga
Queijo parmesão

Prepare o risoto com o arroz arbóreo do mesmo modo que o risoto tradicional
(coloque um pouco de caldo na panela com o arroz e, quando secar, coloque mais caldo. Repita a operação, sem parar de mexer, até o ponto desejado). Em seguida, misture a esse arroz, 1 colher (sopa) de manteiga)
Em uma frigideira, derreta a manteiga restante e refogue a cebola. Acrescente a carne seca ( que deve ser demolhada anteriormente ) e a pimenta. Deixe a carne refogando por alguns minutos. Cuidado com o sal, pois a carne já tem um sabor acentuado. Acrescente a abóbora pré-cozida e amasse-a grosseiramente, misturando-a à carne.
Deixe pequenos pedaços de abóbora se desejar. Misture tudo ao arroz já cozido. Acrescente a salsa picada e o queijo ralado.

Já que vamos picar a abóbora que tal usar uma melancia, que aliás, é a bebida preferida do Saci para fazer a lanterna para enfeitar sua mesa?
Com a polpa podemos preparar sucos e drinks refrescantes - Abaixo uma caipirinha que já provei que fica uma delicia.
Caipirinha não tem receita, tem jeitinho brasileiro ta!
Ingredientes:½ xícara de chá de melancia em cubos e sem sementes
1 dose (50 ml) de vodka
Gelo picado a gosto
Açúcar ou adoçante em pó a gosto
Modo de FazerColoque a melancia num copo e macere junto com o açúcar ou adoçante;
Acrescente o gelo picado e a cachaça. Use uma colher para mexer e comer a fruta;
Enfeite com um raminho de hortelã.
Suquinhos

Lanternas com latinhas
Sobrou melancia...humm
E já que estou falando do Saci, soube através da ONG - SOCI (Sociedade dos Observadores do Saci) que o Saci Pererê deve concorrer com o Pelézinho para ser a mascote da Copa de 2014.
No site da entidade há links para os internautas mandarem suas mensagens à CBF (Confederação Brasileira de Futebol). comunicacao@cbffutebol.com.br A.C. Sr.Rodrigo Paiva.
O Saci é um símbolo nacional, pois tem origem indígena, influência do negro e um pouco do europeu, representando a formação do brasileiro. É esperto, brincalhão e alegre --o típico brasileiro.
Que tal começarmos já uma campanha para que a mascote seja o Saci?
Já pensou o Saci em camisetas no mundo inteiro? Ele provocaria muito interesse dos outros povos para a cultura popular brasileira.
Bom, na minha cabeça o Saci e a Bruxa são parentes que vivem em países distantes, mas que deveriam se ver com maior freqüência.
Aliás, esta semana tem festa em casa (niver da mamãe) e os dois estão convidados.

Esse foi eu que fiz (é bem velhinho)

A bruxinha ai debaixo é peso de porta - by Zélia
Boa Semana para todos!

Livro

Desafio do livro
1- AGARRAR O LIVRO MAIS PRÓXIMO.
2- ABRIR NA PÁGINA 161.
3-PROCURAR O QUINTO PARÁGRAFO.
4-COLOCAR NO BLOG, E FALAR UM POUQUINHO SOBRE ELE.
5-NÃO ESCOLHER O MELHOR PARÁGRAFO, NEM O MELHOR LIVRO!
6-PASSAR O DESAFIO PARA ALGUMAS PESSOAS. ENTÃO, O LIVRO QUE TENHO EM MÃOS:
Dias atrás recebi da AMANDA do Blog Sobre nós Dois o “Desafio do Livro”.Assim que recebi o desafio avistei um livro último da pilha que esta bem no meio da minha sala no chão aguardando a organização.
O livro, como pede o desafio foi uma escolha aleatória, e o primeiro que estava na cara - Madame Bovary de Gustave Falubert publicado em 1857 uau! Um clássico da literatura que li nos tempos da faculdade.
Trata-se de um belo romance onde a protagonista principal chama-se Emma Rouault, moça mimada, educada e filha de um rico cavaleiro. Para surpresa de seu pai, Emma aceita o pedido de casamento de Charles Bovary um médico que está ajudando o senhor Rouault durante uma crise.

Após se tornar a Senhora Bovary, Emma rapidamente se cansa de sua vida burguesa e busca refúgio em suas fantasias eróticas, alimentadas por sua fascinação pelos livros românticos.
Inevitavelmente, Emma deixa de lado seus votos matrimoniais, primeiro com um atraente empregado chamado Leon e logo com Rodolphe.


O romance foi escrito por que marca o início do Realismo é rico em detalhes, e pode não interessar aos mais apressados, pois o autor demora-se em suas descrições, buscando sempre a palavra exata, no momento certo.

Eu não vou contar sobre a história pra não estragar a leitura de vcs, mas vale muito à pena ler esta obra.


Quinto parágrafo (clique para ampliar as imagens tá)

Ainda não consegui colocar o barraco em ordem
Obrigada Amanda , foi uma delicia recordar a leitura desse livro.
Quem estiver lendo algum livro neste momento retire o “Desafio” e conte para nós o que tem na pagina 161 no 5º. parágrafo.
Boa Semana

Selinhos

Esse selinho lindo ganhei da Fernanda do blog Coisas da Orlas – Fernanda dispensa comentários né não... É só visitar o cantinho dela que a gente se apaixona de cara com suas minúcias e gosto apurado.

A regrinha é dizer quem te deu o selinho, responder o que vc mais gosta na decoração, objetos e estilos.
Presentear e avisar a quem você deu o selinho, porém assim como a Fe aviso aos navegantes: quem não quiser seguir às regras, é só distribuir os selinhos ou simplesmente recebê-los!

Falar do que mais gosto na decoração, sobre estilos... Aiaiaiai... Eu gosto de tudo! Meu blog mostra isso né. Uma coisa descobri: De minimalista eu não tenho nada.
Obrigada Fernanda.


Mais Selinhos




Recebi esse monte de selinho da Dricca Kastrup e claro fiquei toda troncha de alegria. Obrigada viu amiga.

Fico sempre em dúvida se pego os selinhos porque não costumo seguir as regras, prefiro distribuir os selinhos para todas que me visitam.

Sintam-se à vontade e peguem o seu.

Não deixem de passar no Blog da Dricca para conhecerem essa fofa. Ela faz lindos trabalhos artesanais e o blog tem assunto atual e inteligente. Vái lá ver.

Alou alou freguesia das Casas Bahia

Quando ouvi pela primeira na TV que as Casas Bahia haviam inaugurado seu site de vendas pela internet fiquei super contente, afinal uma grande rede de eletrodomésticos como ela não podia deixar de aderir à tamanha facilidade.

Não sei quanto a vocês, mas eu acho um saco ter que sair de casa para ir comprar um fogão ou uma geladeira, por exemplo. Temos poucos fabricantes no mercado e os modelos destes eletrodomésticos não sofrem tantas alterações de um para o outro.
Com a internet a gente evita bater pernas à toa e ainda pode comparar todos os preços em minutos.

A diferença geralmente está diretamente relacionada com a marca do fabricante X modelo X tamanhos, cores etc...O que conseqüentemente implica em preço.

Ok resolvi tentar fazer a compra.
Como meu fogão esta baleado e agora depois da reforminha a cozinha ficou toda clarinha, resolvi trocar o fogão nem que fosse por um basiquinho mesmo, mas novo e branco.

Já estou exausta de ir comprar coisas, enfrentar transito, passar horas no telefone discutindo, esperando para ser atendida... Pensei pelo menos esse fogãozinho básico eu compro por aqui e não esquento a cabeça.

Vejam como foi meu primeiro contato com As Casas Bahia
É preciso o cadastro (básico).

Enquanto ia preenchendo os campos, me dei conta que tinha uma dúvida e tentei o chat on line da página.

Abaixo na íntegra:

Meu nome é Fabiana Haydu. No que posso ajudá-lo?
Você> gostaria de adquirir um fogão Dako, mas preciso que já venha adaptado para gás de rua é possível?
Fabiana> Boa Tarde ! Sra. Yvone
Você> boa tarde Fabiana
Fabiana> Em que posso ajudar ?
Você> já disse (isso estava demorando mais do que o normal para uma conversa on line)Fabiana> Aguarde um momento , por gentileza.
Fabiana> Já verifiquei a sua mensagem .
Você> é sobre o fogão preciso que venha adaptado para gás de rua é possível?
Você> o modelo é o Delta (já fui logo informando o modelo para evitar mais demora e perguntas)
Você> alou......(tive a impressão que a pessoa ou atendia várias ao mesmo tempo ou era mole mesmo)
Fabiana> Aguarde um momento , por gentileza.
Você> estou aguardando os momentos...tem idéia de quantos (comecei a ficar irritada porque já estava prestes a confirmar minha desconfiança)
Fabiana> Aguarde um momento , por gentileza.
Fabiana> Não.....
Fabiana> Obrigada por aguardar
Fabiana> Verifique se o fabricante adapta para a Sra.
Fabiana> As Casas bahia , não adapta , somente o fabricante .
Você> mas gostaria de efetuar a compra já e neste casa sua empresa deveria ter essa informação...
Você> o vendedor tem que saber isso minha senhora...(aqui já estava irritadíssima)
Fabiana> Posso ajudar com mais alguma informação ?
Fabiana> Compreendo,mas não sou vendedora. Pensei comigo: - como pode um atendente num site de vendas (on line) dizerem para um cliente que ela NÃO É VENDEDORA, e mandar o 'FREGUES" se virar com a informação?Você> mas vc não me ajudou em nada!!!
Fabiana> Não temos televendas. Sra. Yvone
Você> ok
Você> então não sabem vender via internet é isso?? (silencio mortal...) resolvi ficar ali quieta aguardando algum contato imediato do segundo grau.
Você> estou fazendo uma pergunta básica para uma compra básica SENHORA.
Fabiana> Não sou vendedora. De novo: A atendente me dizendo que não era vendedora.
Fabiana> A Loja Virtual das Casas Bahia agradece, tenha uma boa tarde !
Você> quer dizer que não posso adquirir o produto via internet... Tenho que telefonar ou ir pessoalmente já que ON LINE não tem essa informação...

Fiquei ali e a moça nunca mais voltou e desligou na minha cara.

Conclusão:

Para uma loja que levou três anos para desenvolver esse projeto e investiu R$ 3,7 milhões, achei o site muito complexo, com muitos questionários e tive que passar por inúmeras páginas para conclui a compra (aliás, NÃO conclui a compra). A moça bem que me avisou que não era vendedora.

Ai gente me deu tanto desanimo estou tão cansada que não vou nem reclamar mais.
Desconfio que as Casas Bahia está achando que virou a Harood’s de Londres ou quem sabe a Target Americana... Fafavô viu.

O que vocês acham disso??

Como enfrentar uma obra sem arruinar seu casamento

Quem já construiu ou reformou sabe bem do que estou falando. Por experiência própria e de outros, as histórias mostram que desavenças entre casais durante esses momentos são mais comuns do que imaginamos.
Conversar, barganhar e ceder é fundamental para que a união não termine em escombros.

Começa assim:
- O pedreiro tinha um amigo vidraceiro, que conhecia um excelente pintor, que por sua vez era irmão de um serralheiro, e por ai vai.
Infelizmente essa é a forma escolhida pela grande maioria das pessoas, quando começam a montar seu exercito de profissionais para reformar sua casa.

O mesmo também acontece quando se trata de uma construção, que implica ainda mais em maiores gastos e cuidados que nem sempre levamos em consideração.

Se não houver um bom planejamento, responsabilidade e bastante entendimento, a obra vira uma guerra que, no final, acaba arruinando a sua saúde e pode até demolir seu casamento.

Um dia enquanto construía a minha casa na serra (projeto para uma pequena pousada), a arquiteta insistia em instalar a bancada da cozinha na altura que ela julgava adequada.
- Mas dona fulana, não quero nessa altura tão alta.

Num outro momento, depois de negociar horas com a sua equipe, eu ouvia as criticas do meu marido. Ele questionava minha capacidade de gerenciar a obra e o clima da construção era um cenário de novela mexicana.

Os orçamentos extrapolaram a previsão inicial, os prazos não eram cumpridos e eu e meu marido discutíamos por tudo.
Até que chegou o dia que ele tomou partido da arquiteta na frente dos peões e eu disse que só voltava ali no dia em que a obra terminasse! O caos se instalou.

Ao reformar uma casa, o estresse de querer ver tudo pronto de saber se todos vão gostar do resultado faz com que haja ansiedade e raiva. Quem paga por isso são as pessoas que estão próximas, como os filhos e o companheiro (a).

“Para quem está querendo se divorciar, arrumar uma obra já é um ótimo começo."
Já acompanhei diversas reformas e cheguei à conclusão de que essas crises acontecem porque geralmente o homem está mais preso aos custos e a mulher tem o foco de atenção voltado aos resultados estéticos. - Mas é a senhora por acaso quem vai cozinhar? Ainda tive que engolir essa. Fafavô!

Difícil conter a irritação de um marido que se sente gastando uma fábula, enquanto a mulher só parece preocupada com a cor da parede.

Em grande parte das reuniões com os casais, noto que o homem inicialmente deixa claro que será a mulher quem ditará as regras da obra – para, num segundo momento, tomar ele as rédeas.
A estratégia masculina é começar com cavalheirismo, continuar com palpite aqui e acolá e acabar conduzindo a obra.

Por isso, quando contratar um arquiteto preste bem atenção se o profissional é experiente e veste a camisa de psicólogo também (risos) - Tô falando a mais pura verdade.

Recentemente, conversando com uma amiga que é psicanalista sobre porque acontece esse tipo de conflito ela disse que a nossa primeira casa é o útero materno. De acordo com ela (os estudos), o espaço arquitetônico reflete o inconsciente, o mundo interno de cada um. Diz ainda que algumas brigas durante as construções e reformas são reveladoras de um estado emocional pouco adulto.
“As dificuldades em fazer uma obra a dois muitas vezes está ligada à dificuldade de renunciar a uma posição narcisista e infantil”, teoriza.

Eu já acho que às vezes as pessoas buscam arrumar a casa, mas querem mesmo é mexer nelas mesmas.

Já vi casais brigarem em uma loja comprando interruptores na frente dos vendedores.
A mulher ficou tão nervosa que largou o marido e o vendedor falando sozinhos.
O segredo me parece ser saber ceder sem se anular ou anular o outro.
Ai vão algumas dicas
- Antes de começar, converse e veja o quanto cada pessoa da família está disponível, quando tempo e esforço podem ceder para a obra - Gosto muito do jeito que observo a obra da Leila Casa da Bruxinha, do marido, da Francine... Parecem tão unidos e envolvidos...
Tem o exemplo também da Izabel Casa de Juntados, eita maridão que faz de tudo viu!
- Nessa hora também é bom decidir se todos estão dispostos a continuar na casa durante a reforma ou se seria melhor alugar um espaço provisório.
Fiquei muito arrependida de não ter saído do meu apartamento (pela ocasião da reforma); o pessoal falta muito, tudo atrasa e você ali vivendo no meio do caos, da falta de privacidade em meio a sugeirada...

- Cada pessoa deve decidir como quer seu espaço, o quarto, o escritório por exemplo.
- Procure arquitetos que estejam empenhados em ajudar a família a lidar com o stress emocional da reforma ou construção.
- Estabeleça os deveres de cada um e divida as tarefas. O importante é que todos se envolvam com a construção (nos melhores e nos piores momentos dela).
-Faça reuniões para compartilhar as tensões da reforma e negociar as mudanças imaginadas.
- Engenheiros e Arquitetos – Previnam-se;
Antes de contratar esses profissionais, consulte o CREA para averiguar os serviços já prestados pelo profissional e se não há reclamações registradas ali. Essa pesquisa é simples, rápida e evita uma série de dores de cabeça pelo caminho.
- Façam um contrato por escrito com os profissionais e deixe claro no documento todas as responsabilidades do engenheiro ou do arquiteto e também quem são os outros empregados. Sem esse documento fica praticamente impossível provar erros do responsável.
Reclamar pode, mas processar sem documento...

- Elaborem um cronograma com datas e gastos previstos para cada fase (fundação, estrutura, hidráulica e elétrica).
- Memorial descritivo, relacionando todos os trabalhos que serão feitos e os materiais a serem usados, desde a fundação até o telhado.
- Mantenha um diário da obra que documente todo o andamento dos serviços.
Fotos – Fotografe tudo desde o inicio, as fotos comprovam quanto da obra foi realizado.
- Guardem todas as notas (lá terá especificações de todos os materiais, cores de tintas especiais...), sem contar que vai saber tim tim por tim tim o que relamente gastou.

Importante:
Se o casamento já está em crise, não comece uma obra. Conserte o relacionamento e depois a casa.

Picadinho da transição

Tem dia que tudo o que se quer é comida reconfortante, daquelas sem frescura e que não dá trabalho nenhum. Nada de comida complicada com misturas inusitadas.
Picadinho é assim. Comida cômoda, fácil de entender, fácil de gostar, tanto é que ele foi se espalhando sem preconceitos; Toda casa de mãe tem, o bar da esquina tem, e o restaurante estrelado também. Sabe aquela coisa de a mãe já deixar a carne cortadinha no prato? As pessoas devem ter isso no subconsciente. Picadinho remete à infância.
De tão picadinha a carne vai direto à boca... O garfo tem só de furar a gema mole do ovo. E aí é esperar ela escorrer para cima do arroz e se misturar com o caldo da carne e a farofa.
Picadinho bom é aquele feito com molhinho que leva tomate e cebola, que fica suculento e você pode misturar com farofa e arroz..hummm.
Todas as receitas que conheço têm em comum três acompanhamentos: arroz, farofa e ovo.Tai um prato que dá conforto, não precisa ficar cortando, mastigando a exaustão e não pede mais nada.
Picadinho da transição
Leva carne para bife (macia) picada na porta da faca,
Azeite
Alho e cebola picada
Tomates maduros sem pele sem semente em forma de purê.
Tablete de caldo de carne ou caldo de carne caseiro.
Pimenta do reino e sal

Como faz
Tempere a carne com sal e pimenta do reino.
Em uma frigideira grande com fogo alto fritar no azeite a carne picada. Retirar e reservar.
Na mesma panela adicionar a cebola, o alho se necessário mais um pouco de azeite, em seguida adicionar os tomates, após um minuto o fundo da panela deverá estar ficando escuro e os temperos pegando no fundo.
Volte com a carne mexendo para que alguns pedaços cheguem ao fundo da panela.
Coloque metade de um copo com água fervendo, dissolva os tabletes de caldo de carne e acrescente este caldo na panela.
Quando você perceber que a carne já está macia e o tomate incorporou no molho, tampe a panela e aguarde alguns minutos para que fiquem tenras.Está pronto o seu picadinho de carne. Uma delícia.
Acompanhamentos gostosos

- Ovo molinho, ovo duro ou ovo poché... 
- Ou com de purê de batatas...
- Banana grelhada ou farofinha de banana...
- Couve picadinha ou salada de agrião...
Os acompanhamentos são da sua preferência o que importa é o capricho para ficar com aquele gostinho de sabor da infância

Saídos do baú


Os objetos que escolhemos, as coisas que nos cercam, falam mais de nós do que conseguimos imaginar. Dizem dos nossos sonhos, nossas histórias de vida, apontam nossas metas, expressam nossas idéias mais escondidas do que é belo e bom.
De tempos em tempos gosto de resgatar pequenas peças guardadas e percebo que sempre surge uma boa forma de usá-la.

Neste momento estou literalmente tirando tudo de dentro dos armários. Chegou à hora de exercitar a criatividade e o desapego.
Deixo aqui uma forma de uso para certas peças que bem pode compor vários cantinhos da casa com charme. Algumas exclusivas ou de época tanto faz, mas todas com significados, cheias de histórias que certamente parecerão mágicas e encantadas.

Pincele flores e delicadeza pelos ambientes

Lembra daquele lençol antigo que você tanto gostava?

E dos chapéus escondidos...
Vestidos que não servem mais podem ficar lindos na porta do quarto, do closet...

A maneca ai esta no meu quarto lá no mato
objetos contam a história da casa e da família
Esse quadrinho foi feito com bolsinhas daquelas que vinham no pacotinho de lembrancinhas de aniversário... Pintei com spray prata
Essa carteira era da minha mãe...Ainda bem que não dei...

capricho nos detalhes imprimido em cada cantinho.

Da minha filha Ana Maria
Ser romântico é ser crédulo – ótimo motivo para abrir o coração da casa.
E você já olhou bem o seu baú? Não? Então olhe direito. Tenho certeza que você vai se surpreender com o que tem guardado.


Visualizações

Arquivo

Categorias