Bolinho de Bacalhau ASSADO

Foto Ideais a La Carte
No final do ano passado estava louca para comer bolinho de bacalhau, mas não queria frito.Procurando na internet, encontrei a receita da Tania Zazuskas (isso em 2008). Guardei o link e no final do ano passado resolvi testar. 
Lendo por cima a receita percebi que era muito parecida com a receita da mamãe só que eram fritos.
Ah, eu amei o as receitas da Tânia, para quem esta de dieta e não agüenta mais comer “comida sem gosto”, o blog Zazuskas é um endereço imperdível (guarde em seus favoritos).

No revellion deste ano fiz os tais bolinhos. Uau!! Não fotografei nada porque enquanto ia preparando ouvindo minhas musicas favoritas em companhia do meu amor... uma taça de vinho para cá, outra para lá...
Completamente desconectada, OFF, e apesar das taças de vinho deu tudo certo.

Ingredientes e preparo
1/2 Kg bacalhau dessalgado
1/2 Kg batatas cozidas e espremidas em purê
1 cebola grande bem batidinha
2 colheres de sopa de Amido de Milho
1/2 xícara de azeite
2 colheres de sopa rasas de fermento em pó
3 ovos inteiros
Pimenta do reino a gosto
Cheiro verde picado a gosto

Processe ou desfie bem o bacalhau; aqui eu faço como a mamãe; desfiado.
Misture com o purê de batatas, as gemas, a cebola, o amido, o azeite, cheiro verde.Salgue se necessário e por último coloque as claras em neve e o fermento.

NOTA: A mamãe aprendeu a fazer os bolinhos com minha avó portuguesa, e eu aprendi vendo fazer, até hoje não tinha escrito a receita, mas lembro que ela misturava ao bacalhau desfiado os ovos, a salsinha, a pimentinha bem picadinha (a mamãe é mineira e sem pimenta nada tem graça) e acrescentava uma nuvem de farinha de trigo ao purê de batatas.
Os bolinhos depois de preparados desmanchavam na boca, parecia comida de anjo - Era mesmo para comer de joelhos.
Para a mamãe era uma luta, tinha hora que ela dava um berro porque a gente ia roubando os bolinhos antes de irem para a mesa.

Coloquem em forminhas de empadas descartáveis previamente untadas e enfarinhadas. Forminhas de empadas também dá certo.
Leve ao forno médio até dourar...
Postei aqui no final de 2008 outras receitas que gosto de fazer com bacalhau, além de várias dicas sobre os cuidados com a compra do bacalhau, armazenamento, congelamento e dessalgue etc
E vamos à Páscoa então!
Sugestão de embalagem para ovos caseiros
Desejo uma linda semana a todos!

Dicas sobre como replantar Antúrios


E maio do ano passado antes de começar minha pequena reforma, tirando as coisas do lugar, jogando coisas fora, abrindo espaço para outras, comecei a pensar em tudo que estava ali guardado no fundo das gavetas, no fundo dos armários, lugares onde guardamos as caixas com coisas que pensamos uma hora ou outra servir para alguma coisa, mas que, na verdade, nunca mais são olhadas e, quando são, é apenas uma lágrima minúscula... O que tinha lá? Por que estava lá?...

Rendeu o post VIVER COM MENOS É POSSIVEL (quem não leu convido para ler agora).
Na ocasião tinha na área de serviço uma muda de antúrio tamanho médio que nem sei como resistiu ao caos da obra. Não considerei fotografá-la.

De alguns meses para cá, depois da casa já mais organizada comecei a tratar da plantinha e fui tentar descobrir como replantar, cuidar e ter o vaso sempre florido.
Dando flores
O antúrio é uma planta tradicional no paisagismo brasileiro, me lembro de quando era criança que em quase todas as casas tinha um vaso desses.
De portes diferentes e flores de coloração que vão do branco ao vermelho, incluindo o rosa, o salmão, o verde e o marrom.
No mercado, tanto podemos encontrar esse tipo de planta com 20 cm de altura, quanto outras que atingem 1,5 m.
Flor que não é exatamente flor
A flor do antúrio não é exatamente o que costumamos considerar. Na verdade, a flor desta planta é bem pequena, são apenas aquelas bolinhas ou pontos amarelados que nasce na espádice, espiga central.
Mas o antúrio não impressiona apenas pela beleza da inflorescência. Suas folhas em formato de coração que variam de tamanho dependendo da espécie são extremamente exóticas e parece conter significados.
Entretanto, a beleza e durabilidade da planta na composição de arranjos e decorações dependem de fatores importantes. Em locais onde a umidade do ar é baixa, a folhagem deve ser pulverizada com água, para manter seu frescor e brilho.
Sua inflorescência (a parte tida como flor) chega a durar até 60 dias num vaso com água, após ser retirada da planta.
REPLANTANDO MUDINHA
estufa
Passeando pela net encontrei um vídeo sobre plantio de Antúrio onde aparece a figura simpática da Dona Iracy me fazendo lembrar a casa da minha avó e seu amor pelas plantas.
A Dona Iracy em suas oitenta e poucas primaveras, super ativa, alto astral, e em paz com a vida, parece que sabe bem o que esta fazendo.
OBS: Nesse filme podemos ouvir pássaros, são freqüentadores do pomar de Dona Iracy. Além de sabiá, sanhaço, corruíra, sebinho, pardal, bem-te-vi, beija for, rolinha entre outros, todos os dias revoadas de periquitos de asa branca e periquito rico aparecem em busca desse oásis em São Paulo.

Não deixem de ver imperdível

Inspirações de outono

É no outono que ocorrem as grandes colheitas, visto que as frutas já estão bastante maduras e começam a cair no chão como também as folhas das árvores, os ventos são gelados e com isso sentimos a necessidade de nos vestirmos mais e conseqüentemente de vestir também a nossa casa, para trazer aquele aconchego que as manhãs e tardes de outono nos pedem.
Agora é hora de aproveitar essa transição para tirarmos as "roupas da casa" do armário para serem lavadas, como mantas, almofadas, cortinas, tapetes...
Época do ano que nos recolhemos um pouco mais e como ficamos mais em casa a necessidade de nos agruparmos para nos aquecermos é instintivo e isso se reflete na nossa casa.
Se no verão desentulhamos nossos ambientes, no outono começamos a revisitar nossos guardados...
Outono é uma estação de transição significa que o sol ainda brilhará com intensidade em alguns dias. Isso significa que o programa de passar as tardes em varandas, pátios e assim se refrescar um pouco, ainda está no itinerário e não foi descartado.
Apenas mude um pouco esses ambientes de sua casa, pois geralmente quando o sol se põe o fim de tarde se aproxima e a noite começa a se mostrar, a temperatura tende a cair relativamente e algumas vezes de forma até brusca.
Decorar o local com tapetes algumas mantas de retalhos no chão, colocar almofadas nas cadeiras deixa tudo bem mais agradável e aconchegante também.
O mais importante é usarmos a nossa criatividade aproveitando o máximo os móveis que temos. O outono é um período em que criamos mais voltamos nossa atenção ao nosso interior, e conseqüentemente observamos mais os detalhes e quem ganha com isso é a nossa casa.
Boa Semana para todos!

Boas Energias para a entrada da casa

Eu acredito que para se ter sempre energias positivas dentro de nossa casa precisamos ter alguns cuidados como por exemplo, não deixar acumular objetos, roupas, utensílios, papéis, enfim coisas que estão guardados e que não usamos mais e muitas vezes nem lembramos que temos tal coisa. E é claro, não precisamos também ser nenhuma neurótica por limpeza, mas faz-se necessário manter a casa sempre limpa e organizada. Abrir as janelas, para o ar circular deixar entrar o Sol...
Hoje eu tirei o dia para fazer isso.
Como não tenho nenhum projeto mirabolante para decorar meu hall de entrada, resolvi dar um destino para uma tira de voal estampada com a letra da música A Paz que estava enterrada numa gaveta.
Já tinha também nos meus guardados um pedaço de organza branca como o voal. Emendei na máquina os pedaços e virou uma cortina...
Um varão embaixo, outro encima e voilá!
Quem pode dizer que não é bom Feng Shui também?

Coelhinho da páscoa que trazes pra mim?

Já contei aqui que tudo que aprendi até hoje sobre artes manuais foi dentro de casa. Observando aqui e ali, aprendi com as avós, as tias e principalmente com a mamãe. Muitas das minhas idéias têm haver com as arteiras da família.
Hoje partilho algumas das minhas idéias, de outras arteiras e também aproveito para fazer a propaganda que mais gosto de fazer; Veja mais no link.
Novidades Coisas da Zélia (minha mãe).
Esse ovinho ai de cima é meu do ano passado
Para quem estiver em São Paulo, esses e alguns outros de seus trabalhos estarão neste final de semana no Bazar da Igreja Santa Terezinha.

Endereço:
Bazar de Páscoa da Igreja Santa Terezinha
Dias: 20 e 21 de março
Das 09h00min às 19h00min horas
Entrada pela Rua Piauí, 844 - Higienópolis - CEP 01240-001 - São Paulo – SP
Tel. 3660-1220
A Zélia, hoje, viúva, no auge dos seus 76 aninhos vive com bastante dignidade e do trabalho dela como artesã.

E eu sou muito orgulhosa disso, não só dos lindos trabalhos, mas também pela garra e disposição que a mamãe tem.
surpresinhas das latas
Essa é idéia da Claudia
Já pensou ganhar trufas caseiras nessa marmitinha?
Vaso de Mosaico feito com cascas de ovos Flickr
Sobremesa para quem tem crianças
E para adultos também


Visualizações

Arquivo

Categorias