Varal contra aquecimento global


O que dizem os especialistas (resumo):
Depois de lavar, retire as roupas da máquina e pendure-as em um varal, em vez de colocá-las na secadora.O uso desse tipo de máquina durante seis meses pode significar a emissão de 317 quilos de gás carbônico na atmosfera, além de um alto consumo de energia.Por isso, prefira o método natural. Encontre um lugar bem arejado e onde bata sol, e monte ali seu varal.

-Prefira os pregadores de plástico em vez do uso de pregadores de madeira, pois eles acumulam umidade e, com ela, sujeira. Os modelos de plástico podem ser lavados e duram mais.
-Passe um pano úmido na corda do varal, assim a poeira não se acumula e não suja a roupa.
-Bata bem as peças antes de estendê-las no varal, pois, quanto mais esticadas elas secarem, menor o tempo de ferro de passar ligado. Assim, você economiza energia.
-Ponha a peça pelo avesso e ela não desbotará.
-Pendure camisas sociais em cabides no varal
-Prenda as calças pela barra.
-Para soltar um pouco a roupa, tem q sacudir bem as peças, p/ q estiquem certinho. 
-Coloco no varal sem prender c/ pregadores, e penduro ± na altura da cintura, bem retinho.

Depois é só dobrar e guardar!
Lingeries

Pendurar calcinha no box não pod(i). Pelo menos não deveria, ainda mais se o banheiro for de uso compartilhado.
But, para chegar à conclusão do que todas nós já sabíamos - fabricantes de produtos específicos para lavar calcinhas, fizeram essa pergunta para mulheres de diferentes estados brasileiros: " Você lava a calcinha no box?"
Descobriram que 82% delas lavam suas calcinhas no box. E quase 90%, ainda segundo a pesquisa, dizem lavar seu próprio lingerie - Ou seja, aos costumes.

Aprendi a lavar minhas calcinhas desde menina no chuveiro, e claro naquela época não existia nada de produtos para isso e aquilo e muito menos informação.Esse hábito é tão automático que jamais uma calcinha minha foi parar no cesto de roupas para a empregada lavar e nem mandar para a lavanderia.

Bom, experimentei e gostei os novos produtos e também criei um método mais eficiente para continuar lavando minhas calcinhas na hora do banho.
Ai vai minha dica:

Comprei um mini baldinho de plástico e o produto para lavar calcinha que deixo na mesmo prateleira que os xampus.
Antes de entrar no chuveiro, coloco água fria no baldinho lavo a calcinha e deixo de molho com o produto até terminar o banho.
Dou o ultimo enxágüe na pia e depois estendo encima de uma toalha na área de serviço.

Higi calcinha Blowjet (R$ 4)
Sabão cremoso para lavar roupas íntimas
Lave calcinha DeMillus (R$ 7)
Detergente neutro para roupas delicadas.
SAC 0300-7892115
Baldinhos improvisados
Para conservar seus lingeries sempre bonitos, a melhor escolha é lavá-las à mão, não utilize máquina de lavar, nem secadora.A máquina pode danificar as rendas, além de deformar os arcos metálicos do sutiã ou camisola, bem como altas temperaturas também danificam as suas características elásticas e a tonalidade das cores. Isso é fato.

Aproveito para deixar aqui o meu obrigada MESMO pela presença de todos no meu aniversário. Adorei ver todos aqui comemorando comigo - Fiquei toda prosa no final de semana.

Obrigada
Claudia Ramalho, Lena, Ju, Nanda, Veronica, Heloisa de Mesquita, Margaret, Amanda, Liège, Laély, Rejane, Ruby, Ana Lucia, Andrea, Lena, Nana, Mara Porto, Rasena Ana, Claudia de Paula, Ozenilda Amorim, Morena, Ana B, Lili, Claudia, Monica Loureiro, Isabel Cristina, Carol, Heloisa, Moniquinha... E até o Paco veio, êba!!!!
Brigadão meninas, valeu! Linda semana a todos.

Festa do meu aniversário

A festa começou gente, liguem o som

Um ano. Doze meses. Trezentos e sessenta e cinco dias. Final de um ciclo e começo de outro. Nesta data querida é impossível não contemplar o período que passou e fazer projetos para o futuro.

Como sou eu quem faz anos hoje, então tem que ter bolo não é....

Sabiam que no feng shui o bolo está relacionado com o elemento terra e à vivacidade das sensações? Dizem que evocam a doçura da vida para o novo período e a superação. Adorei isso.


Sirvam-se à vontade, esta repleto de boas energias.
Ah, esse bolo “perua” encomendei para a Margart, ela ta ficando expert vocês não acham? Obrigada amiga o bolo alem de lindo esta uma delicia.
Vejam os balões! Todos para vocês...
Perceba em sua vida os balões coloridos a sua volta:
o nascer do sol, o beijo da pessoa amada, o céu azul, o sorriso de uma criança, uma linda estrela no céu...


Um brinde a tudo, à vida, à família, aos amigos, às vitórias e até as derrotas, pois me fazem crescer.
Algumas asas servem para sonhar, mas há asas que também fazem acontecer


Este é meu "muito obrigada” para todos que passam por aqui.

Lindo Final de Semana

Decoração reciclada


Como não pensei nisso antes? É a pergunta que vem à cabeça quando vemos uma peça bacana e que jogamos no lixo.

Sobras de carpete e tapetes velhos

Sobras da obra




Espelhos de luz revitalizados com tecido colado
Hum...caminha de gato
Telhas para o canteiro

Mais idéias para o velho escorredor de aluminio
Se o box esta velho e não deu para trocar, jogue uma cortina
Latas de tintas


Além de peças lindas que podemos inventar, essas soluções, somadas, pode fazer muito pela sobrevivência do planeta. Então vamos treinar nosso olhar.
Eu já estou tão acostumada que sempre olho para os objetos com segundas intenções!
E você?

Abrindo os baús


Passei este final semana na casa da mamãe porque queria um momento de descanso de tudo. Estou me dando essa semana de presente.
Casa em obras e com chuva, gastos, encheção de saco... Resolvi passar o final de semana inteirinho na casa da mamãe, só nos duas. Sem internet, conversando muito, curtindo a chuva batendo no telhado. Choveu muito.


O barulho insistente da chuva me levou ao encontro de alguns momentos nostálgicos, de um tempo que ficou para trás e não muito distante dali da casa atual dela.
Entre fotografias e aromas senti saudades, sim, saudades dessa fase tão linda e ingênua que foi minha infância.


A mamãe mora na frente de uma praça aonde ainda sobrevivem arvores centenárias e frondosas como essa figueira, e justamente assim, olhando para a praça, para os bancos vazios, me embriago com os barulhos de seu entorno, enquanto a chuva caia, num dia de muito frio.
Sorrio e decido, sim, ir ao encontro de alguns momentos nostálgicos.
Fecho meus olhos e deixo as lembranças chegarem devagarzinho...
Uma por uma...
Penso que são memórias guardadas em caixinhas, bem recolhidas das nossas vidas, assim, meio como mágicas, por vezes gritam para que as visitemos.


Os Sons de Ontem...
O doce som dos balanços da pracinha de brinquedos, das gangorras, estes são, sem dúvida, lugares perdidos e reencontrados no tempo, onde descobri a arte de sonhar...
Som da vassoura batendo nos tapetes,
O cheiro da cera, que, para mim, lembra dia da faxina, quando o assoalho brilhava como espelho toda sexta-feira.
De ovos batidos com o garfo numa tigela,
Os aromas, esses são lindos, sim, são tão tocantes, que me sinto adentrando aos meus poucos mais de nove anos.
O cheiro do pão no forno... Do feijão na panela...
A mesa sendo arrumada para o lanche da tarde, que alegria, quantas tardes dessas ainda guardo em minhas memórias...
Da espuma de sabão quando espreme a roupa molhada
O lento tique-taque do enorme relógio na parede da sala
O ruído do gelo sendo quebrado na cozinha
Da rua vinha aquele ploque-ploque do cavalo do quitandeiro ou do peixeiro
E o tinir da sua sineta
Da buzina do vendedor de pipoca, sorvete e algodão doce caminhando pela calçada.
O lento tique-taque do enorme relógio na parede da sala
As palavras vão formando esse texto, que não releio para saber se tem sentido, apenas escrevo e escrevo na busca de um tic tac
Sons confortadores – como melodia de fundo para as crianças brincar e sonhar.
As casas já não soam como antigamente.

No vinil simples e retro

Uma toalhinha de renda

Sempre haverá uma música antiga ou um aroma de perfume que nos transportará para um tempo, não muito distante, onde éramos simplesmente crianças.
Por Yvone

Decorando a Alma

Essa montagem de fotos foi criada pela Margaret. Ela sempre me socorre. Pedi sugestão para a foto deste e voilá!!
Decorando a alma mesmo
Estou ficando mais velha este mês, isto não me incomoda, venho ficando mais velha desde que fui concebida. As rugas não me incomodam tanto, embora não goste de acordar com a cara muito amassada pelas manhãs, e os quilos a mais não chegam a me causar desespero diariamente. O que realmente me incomoda é não estar ficando mais sábia, coisa que achei que a idade me traria. Porém, continuo fazendo coisas estúpidas o que faz com que pareça muito mais jovem. Afinal, estupidez é privilégio dos jovens não?!
A gente não precisa ter mais idade para saber a diferença entre ficar velho e ficar sábio. Posso envelhecer todo dia e não há nenhuma escolha minha envolvida no processo, ficar mais velha não depende de mim. É somente o tempo agindo sobre a carne.Todavia ficar mais sábia há de ser sempre uma escolha.
Admito que coisas boas que nem esperava aconteceram e não fosse à falta de grana limitar um bocado, tenho tirado o melhor dos dois mundos.
Credito essa parte à minha alma que sempre foi simplória, já que aonde quero chegar é pouco ou indiferente para a maioria das pessoas.
Não inclui sonhos grandiosos de poder e glória, não inclui (mas não dispensa) dinheiro despencando do céu, não prevê fama e reconhecimento por feitos grandiosos e nem mesmo por feitos corriqueiros ou considerados de maior importância... Se limitar, se é que isso é limitar, desejo alegria e paz em especial paz comigo mesma.
Escolho seguir adiante...
Escolho a mansidão de alma.
Sim, estou ficando mais velha e tenho sorte de ainda ter tempo e poder escolher sabedoria.
Abraços calorosos para esquentar seu fim de semana e obrigada àqueles que se lembraram do meu aniversário.
yvone

Mesa de centro Por Art


Como já citei aqui em outros posts o quanto aprecio os mais diferentes estilos de decoração, para mim é impossível definir um estilo – Gosto de muitas coisas mesmo.
Aproveitando esse momento de reforma aqui em casa ando tentando montar meu quebra cabeça particular.
Vejam que idéia bacana super kitsch e descolada que encontrei na criação do fotografo Felipe Reis e que faz a cabeça de muitos, que se esmeram em decorar de maneira inusitada: com objetos coloridos, antigos, ou mesmo apenas engraçados.
Os Fósforos (INDIANO, GUARANI E QUELUZ) têm as medidas 46X60 cm com 24 cm de altura, a Paçoca Amor, mede 50x50x24cm e os Chiclets medem 50x75x15 cm.
Todas são feitas em compensado MDF com pintura acrílica e com um adesivo laminado na parte superior. Adorei o acabamento e achei os tamanhos muito bem pensados. Contato com o Felipe e-mail felipe@felipereis.com.br.
As peças dos Felipe me fizeram lembrar outros artistas e designers de quem também gosto muito e que se inspiraram na Por Art como Andy Warhol, quem não se lembra das suas pinturas dos rostos de Marilyn Monroe ou Jack Kennedy.
A cadeira Egg – desenho do arquiteto dinamarquês Arne Jacobsen é outra que chama a atenção até os dias de hoje em meio à grande quantidade de objetos de decoração criativos e atraentes.
A decoração, de maneira inevitável, também absorveu a idéia de muitos artistas revelada e traduzida em luminárias, mesas, quadros, e que ganhou o nome de kitsch.
Eu diria que o "kitsch" é o retrato da nossa irreverência, pois, com essa idéia, podemos brincar na decoração, tornando-a mais despojada.
Quem não se lembra ainda da jarra em forma de abacaxi? Ou, dos pingüins em miniaturas, imãs em geladeiras e até mesmo flores de plástico? Tudo isso - claro - é "kitsch".
O casalzinho ai é meu
Ao trazer de volta esses objetos para do meu dia a dia, é como um passeio no tempo... Tenho igual sensação quando assisto ao o programa "A grande família" e fico observando a casa da Nene... Tem personalidade, é aconchegante, acolhedora e é encantadoramente kitsch! Parece um lar de verdade.

Deixo um alerta: muitos confundem com o estilo "brega" que é quando tudo está errado e fora de um contexto. Muito diferente, portanto, do que estou falando aqui. Afinal, pode-se considerar que o "kitsch" tem lá a sua classe e até certa exclusividade, mas é bem pessoal.

Canecas novo destino

Depois que tirei absolutamente tudo de dentro dos armários da minha cozinha, encontrei muitas canecas as quais estavam na fila do lixo... Ufa, logo fiquei pensando se jogava fora ou se daria novo uso para elas.
Joguei tudo numa caixa e por esses dias acabei encontrando aqui nos meus guardados imagens bastante inspiradoras para aproveitar melhor as canecas velhas e novas.


Olhem elas ai numa reuniãozinha em casa servido como porta-petisco

Bolo de Caneca vale a pena ver a receita novamente



Não é nenhuma novidade organizar escovas de dente, lápis e pinceis em canecas e copos.

Vejam que encanto um pequeno arranjinho de ultima hora – o que conta nesses arranjos é o seu gosto pessoal.
Quem tem aquelas de vidro transparente, é uma boa solução para servir drinks


Você pode trazer da feira salsinha, manjericão, pimenta e colocar água e decorar a cozinha em dias de festas. As maiores acomodam melhor esse tipo de arranjo.
Para as canecas e xícaras velhas sirvam como vaso para plantinhas miúdas, coloque terra no recipiente, nesse caso, a durabilidade da planta será menor por causa da rega


Paixão à vista para os colecionadores
Um pequeno móvel sob medida e voilá

Cada vez mais lindas, elas saem do armário e se exibem pela casa.
E você como usa a suas?


Visualizações

Arquivo

Categorias