Maça sem pecado

Na história da criação a maçã é considerada a fruta do pecado, já que depois de comê-la Adão e Eva foram expulsos do paraíso. No mundo dos contos de fadas, a Branca de Neve é envenenada pela rainha má após morder uma suculenta maçã. Pecado aqui nesse caso é não saboreá-las de todas as maneiras possíveis.
Dentre outras frutas da estação (abacate, banana prata, caqui, laranja, morango e tangerina) agora também é tempo de maças.
Macieras de São Joaquim - SC
Então vamos nos preparar para consumir bastante essa fruta e veja também quantas propriedades poderosas contém o fruto proibido – ABC-Alimentos.

Aposte na maçã na hora do lanche com queijo (no lugar das torradas e pães), no chá, na sobremesa, mas nada de tirar a casca: ela concentra em maior quantidade de substâncias ativas.
Infusáo de Maça com lavanda - Comidinhas do Bem
40 grs de maçãs desidratadas ou 150 grs de cascas de maçãs vermelhas bem lavadas
300 ml de água mineral
1 colh de chá de lavanda seca.
Coloque a água com as maçãs para ferver. 
Assim que levantar fervura desligue o fogo e tampe a chaleira. Espere 5 minutos.
Junte a lavanda seca e volte ao fogo, ferva por 1 minuto. 
Desligue o fogo e tampe a chaleira, novamente. 
Espere 2 minutos e aproveite desta doce bebida!!
Agulheiro Banana Craft

Idéia sensacional

Inspiração de São João

Trabalho em exposição Casa da Cultura Recife. Antiga cadeia.
É não fui a nenhuma festa junina esse ano. Pra ser bem sincera, ultimamente raros tem sido os anos em que vou a alguma… não por falta de vontade, mas de empolgação, mesmo. 
Na minha cabeça as festas juninas faz mais sentido para quem vive fora dos grandes centros no interior mesmo (falo por experiência própria). Sem contar que até recentemente estava morando no mato e, por lá o mês inteiro de junho é cheio de festas juninas.Visconde de Mauá também faz divisa com o estado de Minas e somos separados apenas uma simpática ponte de pedestres. Imaginem como são as típicas festas juninas do fundão das Minas Gerais?
Aqui nesse mundo de concreto tudo parece meio deslocado. As festas têm aspecto de mega eventos embalados ao som de musica eletrônica. Mas isso pode ser apenas uma impressão minha a que não me impede de ficar imaginando as coisas legais que estariam acontecendo lá.
Fico aqui, imaginando as guloseimas da festa, especialmente o bolo-de-milho que eu adoro. Quentão, vinho quente, pinhão outra paixão, pipocas de todos os sabores, milho verde assado... A Dança é divertida, mas gostava mais quando eu dançava, no tempo da escola.

A verdade é que as coisas mudaram, pelo menos aqui por essas bandas, e na minha cabeça tenho a imagens das festas juninas da minha infância, que tinha quermesse mesmo. E esperavamos anciosos por ela.
Havia jogos divertidos para ganhar prendas, correio elegante, barraquinhas de guloseimas, quadrilha e fogueira de verdade. Pagavamos um valor super simbólico para aproveitar a festa, que na verdade era organizada e preparada com ajuda de todos.

De qualquer forma, fica registrada aqui minha singela homenagem a essa festa que eu sempre tanto amei com algumas imagens inspiradoras para alegrar o Dia de São João.
Gente não sou lá muito entendida de moda, mas esse vestido eu usaria até para ir numa festa chique não é o máximo? Eu amo chita! Idéia da Boneca de Chita.
Alfredo Volpi S/titulo (bandeiras e Mastros), s/data Tempera s/tela
Alfredo Volpi nasceu em Lucca, Itália e veio para o Brasil com um ano de idade, em 1897 foi um pintor italo-brasileiro considerado pela crítica como um dos artistas mais importantes da segunda geração do modernismo. Uma das características de suas obras são as bandeirinhas e os casarios. Sempre amei.
Esses mastros enfeitam quase todas as cidades brasileiras que preservam a tradição da festa de São João
Capelinha de melão
é de São João.
É de cravo, é de rosa, é de manjericão.
São João está dormindo,
não me ouve não.
Acordai, acordai, acordai, João.
Atirei rosas pelo caminho.
A ventania veio e levou.
Tu me fizeste com seus espinhos uma coroa de flor.

Feliz Dia de São João a todos!

Par perfeito – Havaianas sandálias fechadas

Vocês já tinham visto a linha nova que a Havaianas lançou? Nossa eu adorei!!! Depois de terem lançado a linha de bolsas, chegou à vez dos tênis. Sensacional!!!
Por ironia do destino no mesmo dia em que minha casa foi furtada (já contei aqui), assim que entrei no edifício, o porteiro subiu para me entregar um pacote que só abri dias depois.

Estava louca para compartilhar logo com vocês.
Essa nova coleção recebeu o nome de “Havaianas Soul Collection”. Gostei demais da criação, aliás, mais uma combinação inesperada; trazendo o colorido, a autenticidade e o conforto das sandálias para dentro do calçado fechado. Ah, tudo de bom viu...mega, hiper, super confortável!
Achei uma super sacada a palmilha e o solado serem feitas com a sola do chinelos normais.

Segundo a HAVAIANAS a idéia dos tênis e das sandálias fechadas é oferecer uma alternativa aos mercados que consomem as sandálias mas que enfrentam temperaturas em que seu uso não é, exatamente, o mais indicado, como o mercado europeu. Por lá os preços vão entre os 28 e os 55 euros.
Para quem estiver em um dos mais de 80 países onde a marca está presente, é só clicar aqui - Site oficial e selecionar seu país.
Gente agora falando serio; - quem não se lembra do Conga, do Kichute, do Bamba, das Havaianas, aquelas que não soltam as tiras e não têm cheiro?
Era muito comum na década de 70 e 80 ir para a escola com o calçado. Embora muita gente não gostasse disso, o fato só demonstrava que esse era o sapato que todo mundo tinha e ponto. Eram tênis baratinho e, confortável pra caramba.
Eu usei muitas conguinhas nas aulas de Educação Física. No primário eram brancas... E no ginásio eram vermelhas ou azuis. Mas usava no dia a dia, também. Na minha época (antigo isso, né), não tínhamos frescura de tênis da marca e tal, ou tal, aliás, nada de marcas... Principalmente na infância. Roupa boa era aquela que se herdava das primas ou das tias...
Tá sou antiga pra "caraca", mas ainda assim é i m p o s s í v e l alguém não se lembrar de pelo menos uma destas marcas, afinal a São Paulo Alpargatas, responsável por todas elas já esta no Brasil há mais de cem anos.
Vejam as legitimas "Alpargatas" totalmente repaginadas que charme!
Essa sacada de aproveitar o mesmo material dos chinelos e transformá-lo num tênis é um regresso às origens, às autênticas alpargatas, melhoradas com a alma única das Havaianas. Sou fã mesmo!


Todos os modelos tem numeração do 33 ao 44. Os preços variam de acordo com o escolhido. O cano baixo custa R$ 69,90 enquanto o cano médio sai por R$ 74,90. Já a alpargata custa R$ 49,90.

Dei uma googlada e vi que já dá pra comprar a coleção nova na loja conceito das Havaianas na Oscar Freire.
Se não estiver em Sampa, vai ter que esperar até os modelos chegarem a todas as lojas do país, o que ainda não tem previsão para ocorrer.
Alguém já viu em outros lugares pra vender????

E para terminar esse post em clima de copa do mundo, deixo aqui um Salve Salve Brasil e para todo o nosso povo que calçou as suas Havaianas e levou ao mundo um pouco desta maneira de ser, que vai dos pés à cabeça.
Kaká passe para o gollll
Aproveito para agradecer o carinho de todos sobre o post anterior, e dizer que aos poucos tentarei colocar as visitas em dia.

Falem-me se compartilham do mesmo sentimento que eu, pois sou super fã das legitimas ha décadas e tô ficando suspeita nénão?!!.

O perigo mora ao lado

Impotência, decepção, indignação, mais uma boa dose de revolta. Foi o que senti quando me tiram coisas sem pedir licença e sem aviso prévio... Aconteceu comigo na última quarta-feira.
Saí de casa para almoçar com a minha irmã e quando voltei, descobri que minha casa fora assaltada.
Só para constar; minha casa esta localizada em uma tranquila num bairro de São Paulo 'considerado' nobre e seguro, num edifício de apartamentos com portaria 24 horas. Fiquei arrasada e muito indignada.
Meu coração disparou ao constatar o fato e dar falta de equipamentos eletrônicos, PC, as poucas jóias da família,  fiquei totalmente desnorteada e me sentindo invadida. Tomei todas as providências óbvias;  falar com funcionários, vizinhos, sindico,  BO policia...
Não houve arrombamento foi furto (não houve violência) , o marginal entrou calmamente pela porta da frente e roubou dois apartamentos no mesmo andar e saiu sem ninguém ter visto NADA.
Ir a polícia denunciar um crime destes é uma experiência desoladora que nos põe em contato com uma espécie de desânimo aprendido e de sensação de impotência policial.
Uma queixa em vez de suscitar ação rápida ou movimentos táticos reparadores da ordem, suscita apenas uma série de comportamentos burocráticos que nos incomoda demais e com certeza não incomoda minimamente o marginal. Ou seja, nem vimos o marginal nem vemos a polícia.
Nestas condições fica claro que há terreno fértil para o crescimento do sentimento de insegurança que cresce diáriamente. Os marginais estão ali em nossas esquinas, talvez na vizinhança da minha casa, vigiando meus horários e hábitos.Será mesmo que não se pode confiar em mais nada ou ninguém?

Todo esse cenário me fez lembrar de um filme onde o melhor amigo do cidadão dormia com sua esposa; enfim, dormia com seu futuro inimigo.
O crescente aumento da violência nas grandes cidades, o aumento das atividades terroristas em determinados países traz ao mundo um novo tipo de inimigo, nosso próprio vizinho.
O inimigo o cara mau não é mais aquele soldado de um país distante, que espera ser declarada a guerra para atacar. Ele está aí convivendo com você.

Passado o susto e a enorme sensação de vazio e frustração, me veio à tona as lembranças dos objetos que foram roubados, e as poucas lembranças que guardei com tanto zelo e carinho. O anel de formatura, as primeiras jóias que ganhei na vida de pessoas queridas, enfim, coisas que podemos substituir facilmente por serem coisas materiais. Mas que se torna insubstituível pela a história que cada uma daquelas coisinhas especiais carregava consigo. Coisas que muito provavelmente não retornarão e que dinheiro nenhum poderá pagar, pois estavam acompanhadas de sentimentos únicos e de lembranças muito boas.
O pior de tudo mesmo foi terem levado meu laptop com todos os meus contos, documentos e fotos (não tinha becape de nada). Ô dó!
Foi para o lixo mais próximo todo trabalho de anos, sem contar com informações importantes que tinha armazenado sobre meu livro que vinha escrevendo há mais de cinco anos. Ou seja, parte da minha vida estava arquivada ali. Sentei e chorei. A sensação é de não acreditar e até de duvidar da própria qualidade da visão e da memória.
Bem amigos as manchetes de jornal tem apontado uma direção olhe bem! O inimigo não está embaixo da cama ele está do seu lado, no seu bairro é seu vizinho.

Viro a página e começo de novo.
bjs
y

Quer dar um Up na sua casa sem quebra-quebra?

Chega uma hora que a gente olha em volta e percebe que aquela decoração não reflete mais o nosso momento, nosso estilo de vida... As necessidades mudam e a gente tem que acompanhar. Não é preciso para isso, jogar sua história fora, reformar a casa inteira e recomeçar do zero, trocar poucas peças ou simplesmente mudar alguns móveis de lugar pode mudar tudo. Experimente, não ache que não vai ficar bom antes de tentar. São detalhes que já produz um grande efeito.
Cantinho novo
A idéia é encontrar novas funções, agregar valores e resgatar aquela peça passada de geração para geração do fundo do baú. A mesa comprada no primeiro quarto-cozinha alugado e que depois de uma reforma se tornou uma legítima peça de família, uma cedeira de estilo bacana que está sempre sendo repaginada...
Banquinho da Carol Portella
Aquela moldura bacana que você tem há anos pode ficar com uma cara completamente nova se colocar um espelho.
Esqueça as combinações e os conjuntos. É como se vestir: não é preciso combinar as peças – por exemplo, a bolsa com o sapato –, mas elas precisam falar a mesma língua, certo?
Moda e decoração estão ligadas. Uma veste a pessoa; a outra, a casa. Mas hoje é possível usar qualquer roupa, o que importa é ter personalidade. Para isso, você pode fazer uma fusão de estilos.
Adoro ter surpresas em alguns ambientes
Um elemento curioso ou inesperado é sempre bem-vindo, isso mantém as pessoas pensando.

 Não deixe sua casa ser seu dono - O espaço deve ser funcional: não adianta ter cozinha equipada e sala de jantar poderosa se a pessoa não gosta de cozinhar.
Inspiração para mesa de centro mutliuso
Taí a solução perfeita para um lanche em uma pequena sala
A mesa expansível o que um apartamento pequeno precisa. Linda e multi funcional, ela pode ser usada para o cafézinho informal, quanto para um romântico jantar japonês, por exemplo. Vi no blog Arquitentar

Não deixe os melhores vasos, talheres, louças e castiçais fechados no armário, à espera de uma ocasião especial. Se eles são preciosos para você, estreite a convivência e empregue- os no dia-a-dia. É importante ainda que a forma de dispor esses e outros itens pela casa tenha a sua mão.

Acredito que morar bem não significa morar com luxo. Seria a mesma coisa afirmar que só é feliz quem tem dinheiro. Luxo é importante, mas não fundamental.

Quem nunca visitou uma casinha simples, do interior, mas que transmite aquela sensação de bem-estar e felicidade?
Essa foto com as imagens de familia é da amiga Pri do Blog Olhos Verdes
Simplicidade também é morar bem, por meio de coisas simples, como manter o ambiente sempre alegre, comprar flores e espalhar fotos de pessoas queridas ou lugares que trazem boas lembranças pelos cômodos.
É preciso saber que nunca se monta o lar de uma única vez.

A casa é um elemento vivo, orgânico, que muda e envelhece seguindo os passos de seu dono , então o melhor de tudo é ser feliz.

Deixo abaixo uma inspiração perfeita para curtir meu namorado por todos os dias da minha vida.

Festas juninas, namorados em clima de copa do mundo

Como todo brasileiro ama futebol, a dica para as reuniões em Junho deste ano é investir em decoração nas cores do Brasil, como nas bandeirinhas, guirlandas, balões e fitas etc. e introduzir as comidinhas da época que, aliás, são uma delicia.
Luz de velas em verde e amarelo
Para começar a festança, o Dia dos Namorados no Brasil é na véspera do Dia de Santo Antônio investir na temática da decoração pode ser uma idéia divertida.
Independentemente da história do Dia dos Namorados e as reflexões afetivas e comerciais que a data envolve, muita gente aproveita a ocasião para demonstrar todo o carinho e amor pela pessoa amada.  
Sou muito apaixonada por flores! Nunca faltam arranjos na minha casa. Mesmo quando a grana está mais curta, sempre tenho um vasinho. Pode ser aquele baratinho de begônias que a gente acha em qualquer supermercado, mas elas sempre estão colorindo a vida por aqui.
Sobremesas para os namorados
Arroz doce com amendoim caramelizado
Como a maioria dos leitores que me visitam são mulheres, gostaria de sugerir como presentinho para o cara pálida (para quem ainda não pensou em nada
as novas camisetas da seleção brasileira de futebol de 2010.
As camisetas, amarela e azul como segunda camisa - ficaram lindas!.



Para enfeitar seu arraiá em clima de copa do mundo o que não falta é opção;
- Bandeirinhas verdes e amarelas e mini bandeiras do Brasil.

- Balões e Guirlandas de papel nas cores do Brasil podem ser espalhados no ambiente, para pendurar em meio às bandeirinhas.
Encontrei no site do Magazine 25 ainda; pratinhos e mini bandeirinhas dos países participantes da Copa, além de copinhos para as bebidas e os guardanapos. Outra dica são as fitinhas metalizadas, ótimas para decorar salas, áreas, terraços e jardins.
Cafézinho da roça
Quentão delícia
Ingredientes 
1 e 1/2 xícara de açúcar 
1 e 1/2 xícara de água 
50 g de gengibre cortado em fatias finas 
3 limões cortados em rodelas 
4 xícaras de aguardente de cana 
3 cravos da índia 
2 pedaços pequenos de canela em pau
Preparo 
- Aqueça o açúcar em fogo alto, mexendo de vez em quando até caramelizar; 
- Junte todos os ingredientes menos a aguardente e ferva mexendo até dissolver o açúcar;
A dica é aproveitar este 12 de junho para uma comemoração especial, se declarar ou retomar aquele carinho que anda esquecido e que tem a magia de reacender, com força e calor, a chama de uma eterna paixão.
Então mãos à obra, pois o amor está no ar do dia.


Visualizações

Categorias