Nada se perde, tudo se transforma

Já contei que adoro festas juninas. Minha avó Dilina tinha um lado festeiro de fazer inveja a qualquer produtor de eventos desses que hoje ganham a vida profissionalmente com isso. Aliás, todos da família da mamãe são assim. As festas juninas não passavam em branco de jeito nenhum ninguém ia perder uma oportunidade dessas. Era comum nos mês de junho ter a casa era enfeitada de bandeirolas coloridas, uma toalha xadrez ou de chita sempre a postos na mesa.Um bolo de milho para o café das tardes e se tivesse algum aniversário era certo encontrar os pratos típicos; cuscuz, canjica, arroz doce, cural, cafezinho e quentão sempre pronto no fogão. Quando os filhos eram pequenos tentei manter esse hábito e curtimos bastante. 


Capelinha de melão
É de São João
É de cravo, é de rosa
É de manjericão
São João está dormindo
Não me ouve, não
Acordai, acordai
Acordai, João.
Engraçado isso de parar e lembrar. Há um exato momento na vida que todos nós pais paramos em profunda reflexão para chegamos à conclusão de que estamos nos sentindo órfãos. Percebemos que os filhos crescem de um momento para outro e muitas vezes não damos conta de como o tempo passa. 
Então um dia, de repente se tornam adolescentes. Os passeios nos finais de semana e férias compartilhadas já são entre colegas. Os meninos com os primeiros fios de barba e as meninas se transformam em mulher. É o momento dos vôos para além do habitat doméstico.
Antes que eles cresçam tudo o que os pais podem dizer a seus filhos não é ouvido pelo mundo, mas não tenha dúvidas que ecoará por toda a eternidade. É o momento em que todos que são pais se perguntam onde estão aqueles bebês, onde estão os brinquedos, as roupinhas, as historinhas do faz-de-conta, os heróis, nossos heróis invencíveis das batalhas imaginárias.
E continuamos ainda a refletir que ontem eram crianças e hoje nos ensinam como melhor explorar os programas do computador e atalhos que ali se encontram à disposição.O tempo passou e nos cabem as recordações.

É o momento da saudade dos dias que se foram tão rápidos, mas também é o momento em que nos sentimos fortalecidos pelo dever cumprido.
Em mim ainda brota um sentimento de que poderia ter deixado de lado alguns afazeres sempre contínuos e ter brincado mais com eles, compartilhado mais das tarefas escolares, ouvido mais suas conquistas e aventuras, suas primeiras decepções ou seus medos...

A vida é bela nada se perde tudo se transforma.

22 comentários:

  1. Ai que delícia de post. Muito recordar momentos assim, né? Adorei as fotos tb!
    Beijos e um lindo fim de semana!
    Bj Bj Bj

    ResponderExcluir
  2. Santinha:
    Lindas imagens e recordações!
    Olha, que eu já estou entrando nos 40 e os flhos crescendo rápido( meu mais velho, já vai começar a faculdade agora)!
    A gente tem de inventar fazer muita coisa boa com eles! Assim, o tempo é melhor aproveitado.

    ResponderExcluir
  3. Oi Santinha,
    As fotos já dizem que momentos lindos como esses, não esqueceremos jamais.
    Hoje foi a festinha junina dos meus caçulas.
    Já estou sentindo saudades!
    O tempo passa tão rápido...
    Adorei seu post.
    Beijos.
    Fátima.

    ResponderExcluir
  4. oi Santinha

    hoje meu filho faz 17 anos e recordei o seu nascimento conversamos muito na hora do almoço.A minha filha tem 10 mas tamanho de 11 ou 12.
    Vou ter que comprar um vestidinho novo porque o do ano passado já não serve mais.É tão bonito vê-los crescer, até agora tenho achado a adolescencia linda.
    Sorte que temos esses momentos pra recordar e ver o que construimos.
    um ótimo findi pra vc!!!

    bjus
    ana maria

    ResponderExcluir
  5. AI SANTINHA
    QUE MEDO QUE MEUS FILHOTES CRESÇAM SEM APROVEITAR TUDO, POR ISSO FAÇO O POSSIVEL PRA CURTIR JUNTO COM ELES, SEM ME IMPORTAR SE TÔ PARENDO CRIANÇA OU BOBA
    NINGUEM NOS DÁ TANTA ALEGRIA QUANTO NOSSOS FILHOS, NÉ
    LINDO POST E AS FOTOS ESTÃO TUDO DE BOM, BEIJOSSS

    ResponderExcluir
  6. oi amiga. adorei o post. to com "sordade".
    beijocas

    ResponderExcluir
  7. Yvone, tudo bom?! Senpre que passo por aqui leio e fico contemplando suas fotos e recordações. Neste caso das fotos de família e lembranças, fiquei emocionada por achar desde já que esta muito certa. O tempo passa, nossos filhos crescem rápido demais para nos prepararmos para esta "separação". Mas quando damos amor e plantamos companheirismo, iremos colher muitas alegrias, pode esperar!
    Um grande beijo!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Yvone, Estou apanhando,pois é a primeira vez que entro com blog, espero que vc receba. Fiquei com muitas saudades das festinhas juninas que a mamãe fazia. Naquela época, vocês crianças se divertiam pra valer e tem mais graças a Deus não tinha PC, video game, etc. e a gente podia ver a alegria estampada nos rostos das crianças e adultos também. Parabéns

    ResponderExcluir
  9. AH! Eu adorei, ver seus filhos vestidos para a festa junina. Crianças lindas.
    Eu também gostava de festa junina. Mamae enfeitava cada uma mais bonita que a outra. E no colégio tinha rainha e princesa sinhazinha.

    E a saudade dos filhos pequenos é natural. Até eu que sou tia gostaria que eles não crescessem.
    Mas tenho certeza que seus filhos continuam perfeitos apesar de maiores ou adultos.
    E tenho certeza que são belos.
    Um bom domingo com seus filhos no coração.
    Com amor Monica

    ResponderExcluir
  10. Estou muito feliz em saber que as mamães mais jovens do que eu já têm essa conciência.
    Vou apresentar os pimpolhos:

    O vestidinho de caipira guadei até hoje e fotografei para vocês o verem. Quando chega junho, ele vai para a sala para lembrar as festas.

    A menina vestida de caipira, é minha caçula Ana Maria.

    Encima da árvore esta o Fabio, e abaixo loirinho o Rafael.

    No final foto de encerramento de uma das formaturas, ou seja, todos formados, encaminhados e felizes para sempre.

    Viram que sortuda que eu sou!

    ResponderExcluir
  11. Olá,adorei seu blog,parece que temos gosto parecidos...Obrigado pela visita no meu blog....Bjos....

    ResponderExcluir
  12. Que emoção de post queridaaaaa.... amei!

    ResponderExcluir
  13. olá, Santinha!
    que texto cheio de emoção, fez lembrar meus filhos (tb, tenho 3), quanta coisa boa, nós vivemos, mas, tenha certeza que o melhor esta por vir, quando fores avó será duplamente emocionante pois, o sentirá pela mãe ou pai e pelo próprio neto.
    fica com DEUS!!!
    bjks com carinhos

    ResponderExcluir
  14. Oiê!
    Adorei o segredo do seu arroz. Dá mais trabalho, pelo visto, mas deve ficar bom demais? Enrolar no jornal? Até agora estou boquiaberta com a dica.

    Adorei o post. Festa junina também me remete à infância e à minha vovó querida - que saudade! Que pessoa maravilhosa ela foi! Lembranças boas são sempre bem vindas em minha mente também.
    Um beijo grande,
    Talita.

    ResponderExcluir
  15. Oi flor adorei esse post as fotos, realmente é muito bom recordar os momentos que passamos junto com pessoas que gostamos.

    Bjks
    Simone Azevedo

    ResponderExcluir
  16. Como dizia Cazuza, o tempo nao para,anda muito depressa e o passdo vem para nos encher de saudade e lembrar dos nossos filhos pequeninos, parece que foi ontem, recordar é viver.Adorei rever as criancas.Parabens.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Santinha,
    Adorei seu post.
    Como você, eu também gosto muito de festas juninas, e, também como você, me espanto como o tempo voa e como, num piscar de olhos, meus filhos deixaram de ser crianças.
    Mas que delícia ter lembrancas tão boas deles, não?
    As fotos dizem tudo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!!
    adorei sua msg, ;)
    e este post? me emocionei, ainda não tenho filhos, mas acabei de sair da asa da mãe, e cada vez q eu vou pra casa (dela) eu morro de saudade de tudo que já passamos ali, e dá uma pena em saber q tudo aquilo não volta mais...
    ...cada fase da vida é uma delicia, o presente maior em sair de casa, é que hoje, ela é minha melhor amiga!! de verdade, de bater papo, de contar medos e segredos, coisa essa, q enquanto viviamos juntos não tinha, pois era relação de mae e filha!!!!
    aaaaaai, amei este post!!
    q lindo!!!!!
    e q vontade de participar das festas de sua avó... ;)

    boa semana
    beijos

    ResponderExcluir
  19. Aiiii...eles vão crescer né...e vão fazer tudo sozinhos né....e vão embora né....que aperto no coração !!!
    Beijim

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias