Armários, estantes e vidas...

No post anterior “organizando cantinhos com bossa ”não por acaso escolhi como personagem central malas e baús, surtos nostálgicos e meu subconsciente me chamando. Explico: Nós não prestamos muita atenção mas fazemos com nossas vidas o mesmo que fazemos com nossos armários - Guardamos coisas. Guardamos lembranças, pessoas, sentimentos e acontecimentos (os bons e os não tão bons assim), medos, ilusões, alegrias, mágoas, amores, experiências, saudades, decepções, momentos, críticas, sorrisos… Em um dado momento os armários ficam cheios e pesados. Nestes instantes, a poeira, o ácaro, o mofo, chamam a atenção para a necessidade da limpeza. Assim também é a nossa vida. 
Muitas coisas deveriam ser jogadas fora ou ao menos trocadas de lugar em nossas listas de prioridades e de preocupações.O problema é que infelizmente não nos lembramos de fazer com nossa vida o que constantemente fazemos com nossos armários: a indispensável faxina.
Não nos lembramos de limpar o que está sujo, de arrumar a nossa bagunça interior, de passar um pano no que está empoeirado ou mofado, de reorganizar nossos objetos. É difícil aprender e pegar o jeito para fazer uma faxina na vida, na alma, no coração, nos conceitos, nos hábitos e principalmente nas necessidades. Acho que é um defeito de fabricação dos humanos - Não fomos projetados para reformar, não somos treinados a jogar as coisas fora, e muito menos a trocá-las de lugar nas prateleiras de nossas escolhas.
Como diria nossa amiga Lidiane (Bicha Femea) o trololó todo sobre esta faxina começou por causa da minha síndrome de aniversário, conhecida também pelo nome de “inferno astral” ah, aviso que já passou graças a Deus!
Sei que ninguém e nem eu tem provas concretas da existência desse período obscuro que antecede o dia do nosso aniversário, mas coincidência ou não, é sempre nesse período do ano que fico mais intensa e muito emotiva.
Sei que todos os dias coisas vão acontecendo, mas verdade ou lenda, neste período montes se parte dentro de mim, duvidas surgem, depressão, melancolia e tudo fica confuso. Então começo a questionar minhas escolhas, meus dias, minha vida toda. Faço maior drama... 


Ainda bem que agora pelo menos eu sei que é também uma ótima oportunidade para fazer uma auto-análise e avaliar o que foi bom e o que pode ser ainda melhor.
Por esta razão hoje (dia do meu niver) resolvi compartilhar com todos meus leitores um pouquinho do meu aprendizado sobre essa “faxina interior”, não é receita não, mas acho que esta dando certo.
Ps: Se todos esses coments sobre faxina interior, vida, idade não me deixarem irada o suficiente para lutar contra o mês de agosto (e possivelmente extrair minha amídalas pelo reto), vou chamar o camburão que é caso de internação.
Agosto sempre vem e graças a Deus vai.

Ah, Estou bem obrigada.
Linda semana a todos.

13 comentários:

  1. Sei bem do que você está falando... meus dias de julho são sempre assim... puro inverno em mim. (Mas em setembro arrumo os armários e abro as janelas para o sol).

    Beijo. :)

    ResponderExcluir
  2. super te entendo, nunca consigo fazer festa no meu aniversário porque estou sempre em crise... feliz aniversário e bom ano novo astral!
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Entendo perfeitamento, faço aniversario em setembro, que considero a melhor epoca do ano....Mas as vezes o mÊs de agosto é péssimo...

    ResponderExcluir
  4. Post bom...fez eu me sentir bem normal com meu abril...Parabéns!! Beijo, Marina

    ResponderExcluir
  5. Parabéns linda! Que Jesus lhe conceda tudo de bom, pois vc merece!
    Bjusss...Lêda Basílio

    ResponderExcluir
  6. Não sei se rio ou se choro com o seu post!

    Primeiro, parabéns, pelo blog que é lindo e pelo aniversário também!

    Adorei o paralelo entre a faxina do armário e a faxina interior. Tem razão, nós demoramos muito para reciclar o que temos dentro da gente. Acho muito mais fácil a tal da faxina exterior (rsrsrs).

    Beijos e boa sorte, enquanto você curte o fim do seu inferno astral ;)

    Bjs,
    Ia

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei do meu aniversário esse ano... nem passei por todo stress de inferno astral! Meu agosto foi bem feliz!
    Beijos e parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Yvone Parabéns!!!!!!!!!!! Sei que estou atrasada, mas está valendo pelo começo do novo ciclo, ainda bem que já passou a maré do inferno astral, eu tbem fico assim, affff. Estamos mesmo em sintonia com as malas, as minhas preferidas são as velhinhas rígidas e com alças, rs. Tenho uma azul marinho(quase preta)que fica num canto da minha sala guardando o que ocuparia duas gavetas gdes da cômoda.
    Qto a faxina mental tão necessária... as vezes esquecemos de dar essa limpada, não é mesmo??? Felicidades, bjs.

    ResponderExcluir
  9. Amigos
    Quero agradecer a todos que passaram por aqui e também no Face pela atenção e o carinho especial.

    Minha vontade no dia do meu aniversário era fazer acontecer, como num passe de mágica, uma mega festa com um encontro em carne e osso sabe?! Poder conhecer um a um que mora do outro lado da telinha –Quem sabe um dia
    ...São tantas afinidades, sintonia, gente fina, elegante e sincera uau! Amo muito tudo isso!
    Valeu!
    De(coração)
    yvone

    ResponderExcluir
  10. Antes de mais nada, parabéns, claro.;0)

    Eu gosto dos balanços clássicos do período de aniversário, mesmo porque - dizem os místicos - bate com o fim do "inferno astral" e a mente está preparada pra mudanças.
    Avaliar o que se fez ou não se fez nem sempre é uma tarefa fácil....limpar, arrumar, jogar fora....pode ser físico e mental. Isso é o poético da coisa.;0)

    ResponderExcluir
  11. Que ótimo texto, Yvone! Eu andei fazendo uma faxina interior esse ano e isso me fez um bem danado!!!!! Ainda falta muita coisa, mas minha alma já está um pouco mais organizada... Me afastei do que me fazia mal e me aproximei do que me fazia bem. Estou tentando ser menos ansiosa e fazer uma coisa de cada vez. É difícil mudar velhos hábitos, mas é realmente necessário e libertador deixarmos algumas coisas pra trás! Um beijão... meu aniversário está chegando!

    ResponderExcluir
  12. Magnífico teu texto. Encaixa-se perfeitamente NO DIA QUE ANTECEDE nossos aniversários e também no dia de hoje: Finados - que nos traz lembranças e saudades daqueles que já se foram para outra dimensão.
    Adorei o texto que diz com todas as letras o que sinto hoje e o que venho tentando fazer: limpar meus armários interiores. Obrigada.
    O coloquei no facebook, com referência ao teu blog. Se não é de meu direito - favor dizê-lo para que eu possa retirar. Grata.

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias