Canjica pra que te quero

Obra de Hugo Espíritu Escobar

Está para brotar da terra um alimento mais versátil que o milho. Entre os três cereais básicos que regem a grande parte da alimentação ao redor do mundo trigo, arroz e milho, o grão amarelo que germina das espigas é o mais polivalente.
São inúmeras as receitas criadas com ele: pamonha, polenta, canjica, pipoca, suco, curau, broa, angu, bolo, farinha, sorvete... Ufa. Haja fôlego para enumerar tantos pratos feitos desse alimento tão cheio de significados quanto de sabores.
Hoje quero falar sobre a canjica.
Neste fim de semana recebi a minha filha que mora fora veio nos visitar, como ela estava morta de saudades das comidinhas pediu para que eu fizesse feijoada que, aliás, neste frio é uma super opção (gostosa e engordativa). Para completar a orgia gastronômica resolvi fazer uma canjica para comer fora de hora, antes de dormir ou mesmo para acompanhar o café da manha.
Momento não tem preço!
Não me lembrava da receita e nem ao menos se eu já tinha preparado essa delicia, pelo sim pelo não chamei São Google protetor dos aflitos que sempre nos salva a qualquer instante, e fui à caça da receita. Se eu não soubesse de vários detalhes por experiência ou intuição, minha canjica tinha ido para o lixo.
Tenho reparado que na internet muita gente publica receitas erradas; erram nas quantidades; no modo de preparar; escondem truques... Outros acabam inventando receitas mesmo e nem testam. Tem de tudo... Estamos num mundo em que quantidade vale mais que qualidade é fato. Para quem ainda não tem muito traquejo com as panelas é a morte.
Well, vamos por partes como diria Jack.
Primeiro os ingredientes e as quantidades que usei:
500g canjica – Conhecida também pelo nome de curau, munguzá e em inglês hominy
3,5 a 4 litros de água
01 litro + 250 ml* leite (aproximadamente)
01 lata leite condensado
01 garrafinha de leite de coco
01 pacote de coco ralado
70 Gr amendoim torrado e moído (opcional)
Canela em pau, pó e cravos da índia a gosto

Modis operandi
Coloque a canjica de molho por 2 horas
Despreze a água do molho, lave bem a canjica, acrescente de 3,5 a 4 litros de água fervente e leve ao fogo (em panela de pressão grande) cubra com água, passando 4 dedos do nível
Neste momento você pode acrescentar paus de canela e cravo a gosto
Deixei cozinhar por cerca de 20 minutos.

O tempo de molho e o tempo de pressão são sempre inversamente proporcionais. Quanto mais tempo ficar de molho, menor será o tempo de pressão e vice-versa. Lembrando também que a qualidade da canjica também interfere nesse processo.

Canjica cozida e macia é hora de escorrer a água do cozimento. Mas antes, aqueça bem o leite antes de adicionar. O choque térmico pode endurecer os grãos!
Leite no ponto despeje sobre a canjica e deixe ferver por alguns minutos, mexendo bem até o leite encorpar.
Depois acrescente o leite condensado e o leite de coco (um de cada vez para não esfriar o leite), mexa bem e espere chegar novamente bem próximo ao ponto de fervura.
Por fim acrescente o coco ralado e o amendoim torrado.
A canjica deve ficar levemente cremosa, mas ainda líquida.
Na hora de servir polvilhe canela em pó.

OBS. Cada vez que for esquentar a canjica para servir, deve-se acrescentar um bocadinho de leite quente para não grudar e voltar à textura.
RECEITA COM GARANTIA VIU!

Algumas informações nutricionais sobre a canjica:

O milho de canjica tem alto teor de vitamina A, B1, B2, niacina, potássio, ferro e fibras.
A vitamina B1 (tiamina) é importante para função muscular, sistema nervoso e fornecimento de energia.
A B2, também conhecida como riboflavina, além de participar do metabolismo dos carboidratos, possui atividade antioxidante.
É rica em carboidratos e naturalmente não tem muita gordura.
Para deixá-la mais light evite adicionar amendoim à receita - Cada colher de sopa de amendoim tem cerca de 60 calorias, o que é uma quantidade imensa para um punhado tão pequeno. Mas ai tem o leite de coco, o leite condensado o que aumenta o teor calórico...
Quem pretende controlar a quantidade de calorias, pode optar pelos produtos light, e quem não pode consumir açúcar tem como alternativa os ingredientes diet.
Já os despreocupados com o peso, ou com dietas rígidas podem aproveitar, mas é bom lembrar que o consumo deve ser moderado.
Foto : Milton Moraes Jr.Olha ai uma sugestão quentinha para o final de semana dos namorados.
Frase da semana

"Homens são como um bom vinho. Todos começam como uvas, e é dever da mulher pisoteá-los e mantê-los no escuro até que amadureçam e se tornem uma boa companhia pro jantar".

17 comentários:

  1. Yvone, fiz ontem uma canjicada maravilhosa e inclusive mandei a receita pra uma blogueira amiga. O que não gosto muito é do sabor acentuado da canela e do cravo, daí coloco só duas florzinhas de cravo, mas nem dá sabor. Adoro o gosto do côco e do amendoim. Hummm... vou ali comer mais um pouquinho.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Amooooo canjica, faço do seu jeitinho, só que realmente uso tudo light e desnatado e nao ponho o amendoim, mas aí é porque nao gosto mesmo, mas é a típica comfort food, boa de comer antes de dormir, no lanche, aff, consuma com moderaçao né rssss, beijocasss

    ResponderExcluir
  3. Hum... Nesse friozinho que tá fazendo por aqui (SC) uma canjica vai muito bem.

    Boa semana.


    http://compartilhandosentidos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Deve ter ficado uma delícia!!!!
    Bjos, Mari.
    http://artmarirodrigues.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ah, Yvone, estou aqui morrendo de calor, e com agua na boca :) ADORO CANJICA. Vou guardar sua receita para quando o frio voltar por aqui.

    ResponderExcluir
  6. Olha eu aqui de novo. O retrato esta muito lindo, juntamente com a frase de Ruben Alves.

    ResponderExcluir
  7. Ione, saudades também!!
    E o braço como vai?
    Que linda foto é vc junto com sua filha? Lindas!
    Sobre o que disse das receitas ,concordo contigo e ja cai em muitas.
    Adoro canjica e nem me lembro qual foi a ultima vez que comi.
    Por aqui nunca encontrei o milho pra canjica mas, guardo a receita assim mesmo.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Yvone,
    Adoro canjica, e não deixo passar essa época sem fazer umas boas panelas dessa delícia. No último domingo fiz uma para tomar, como você disse, em diversas ocasiões. Até fotografei para eventual postagem.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. É tudo que precisamos nessa semana gelada aqui no Rio Grande, Yvone. Não paro de salivar. Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Oiii Yvone!!!!
    Que idéia maravilhosa essa tua,
    ainda não tinha lembrado da canjica este ano e agora com o frio que tem feito por aqui é a idéia perfeita, amanhã mesmo vamos ter canjica!
    Uma boa quarta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Linda a apresentação!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oba!!! Estava doida para fazer uma canjica para os amigos aqui em casa, a dica veio bem na hora e cheia de segredinhos de preparo, adorei!!! O friozinho aqui em Brasília está pedindo uma canjica quentinha...rsss. Grande abraço!!!
    www.arquitrecos.com

    ResponderExcluir
  13. Fizemos um arrasta pé por aqui, mas faltou a canjica. Vou ter que esperar a próxima ida ao Brasil. O trem bão sô. Que gostoso estar perto da sua menina. Beijocas nas duas.

    ResponderExcluir
  14. Adorava canjica, digo que adorava porque faz parte do exercício de emagrecimento que inventei ontem, tudo que seja engordativo vou colocar no passado, rs. Mas agora falando na boa, é uma delícia né não??? Se não resistir nos próximos dias já sei onde vir pegar uma receita das boas. Melhor do que a receita só mesmo a frase da semana, perfeita, bjssss.

    ResponderExcluir
  15. Hum que delicia
    Lá em casa esta tendo barraquinha por causa do santo antonio. eu tomei caldo, cangica e quentão.
    Agora vou ver a sua receita devagarinho
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  16. Aqui no Ceará, é um prato típico!
    Não há datas, nem momentos... A canica vai bem no cafézinho como na meredinha!

    É uma delícia!!
    Mas, não pode abusar... heheheh' (Balança agradece)

    Beijos,

    Lorena Viana.
    http://vinculomamaeebebe.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Que delícia!
    Parece estar ótima!
    Sempre passo por aqui. . .
    Simone

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias