Colcha de retalhos

Dentro de mim pulsa um coração.
Rodeado por retalhos coloridos:
desatinos, jugos e erros;
prudências, permissões e acertos.
Colcha de mim,
que adorna o leito
onde minh’alma se abriga.
por Clau Assis
Lindas cenas do filme Colcha de Retalhos

Vale a pena ver de novo
Colcha de retalhos” conta a história da jovem Finn (Winona Rider) que confusa em relação à sua decisão de casar-se, vai passar uns dias na casa da avó e acaba participando da história de sete mulheres, mais velhas, que estão envolvidas na elaboração de uma colcha de retalhos, com a qual pretendem presenteá-la.

Neste filme podemos refletir sobre qual é o peso dos retalhos que colocaram sobre nós, quais aceitamos e deixamos ficar ou refutamos; se nos detemos mais numa parte da vida de forma isolada ou se conseguimos fazer da nossa existência um lindo trabalho de arte.
Nossas vidas são cobertas por retalhos, que simbolizam tudo que herdamos, mas somos nós que costuramos e juntamos estes pedaços.

Linda semana a todos!

17 comentários:

  1. Yvone querida, eu amei este filme que vi há muito tempo, chorei litros! Preciso ver de novo pois não me recordo de tudo...
    mas assim é a vida, uma colcha de retalhos que fazemos...
    amei a primeira imagem, linda de viver!!!
    Beijossssssssssss, uma linda semana pra ti e te espero aqui!!!
    Vero

    ResponderExcluir
  2. Tenho muita vontade de assistir este filme,mas não consigo encontra-lo.AMO retalhos!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Yvone, faz muitos anos que vi este filme, mas amei muito!!! Acho que nossas vidas são mesmo assim, retalhos e mais retalhos, erros que tornam-se imagens não imaginadas antes, mas que integram perfeitamente a arte final. Linda música, grande lembrança!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Yvone, eu amei esse filme!!!! Seu post me deu a maior nostalgia! Só o vi duas vezes e a segunda já tem muito tempo! Gosto muito de filmes do tipo onde várias histórias e personagens vão se entrelaçando e se emendando, exatamente como numa colcha de retalhos.... Agora vou correndo ver se pego o filme na locadora! Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Yvone,
    Não vi este filme (já anotei na minha lista de filmes que quero ver) mas fiquei pensando nesta coisa de que a vida é uma colcha de retalhos... Tenho muitos retalhos que não coloco na minha colcha não!!! Decidi que só coloco retalhos bem coloridos e lindos na minha colcha. Aqueles de cores tristes, descartei todos!!! E daqui pra frente, só entra na minha vida cores alegres e vibrantes.
    Um beijo grande e uma ótima semana,

    ResponderExcluir
  6. Oi, Yvone... adoramos esse filme!
    Beijos e uma ótima semana
    Helena

    ResponderExcluir
  7. Yvone, acho que vou gostar muito desse filme, ja passei pro marido puxar da internet.
    Que imagem linda a primeira.
    bj

    ResponderExcluir
  8. Eita postagem que faz a gente pensar e pensar, viu?
    Amei!!
    ....................
    Amiga, tava moRRRRRta de saudades!
    BjS!

    ResponderExcluir
  9. Ai, mais um filme pra minha lista, vou ver, amei a dica e o post!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Amiga, no he podido comentar esta entrada porque cada vez que quiero usar el traductor se me traba la PC, pero en la primer oportunidad vengo a comentar, después de que comprenda lo que aquí compartes.

    Saludos!

    ResponderExcluir
  11. Oiii!
    Ainda não vi o filme, mas depois de ler o seu texto, fiquei fascinada e curiosa.
    Adorei o o paralelo e compartilho do seu olhar.
    beijo,
    Liz

    ResponderExcluir
  12. Yvone, nunca vi esse filme, acredita? Mas agora fiquei curiosa. Vou ver se o encontro numa locadora.
    Obrigada pela dica, vinda de vc sei que vale à pena.
    Bjks

    ResponderExcluir
  13. Que lindo!
    A forma como juntamos e costuramos esses retalhos faz toda a diferença.
    Mudando um pouquinho de assunto, isto me fez lembrar de que já estamos em época de festas juninas... E eu adoro essas festas!
    Beijos e ótimo mês para você.

    ResponderExcluir
  14. yvone, este é um filme lindo!
    o maravilhoso é como vai contando a estória de todas aquelas mulheres, e mostrando porque elas estão ali, fazendo aquele trablaho
    amei
    lilly

    ResponderExcluir
  15. Lendo o teu post, Yvone, fiquei pensando que as mulheres têm mesmo o dom de costurar as colchas de retalhos que são nossas vidas. Umas costuram de modo que o resultado é mais harmonioso, com pedaços cujo tamanho são mais ou menos iguais, outras nem tanto.

    Na verdade, não é fácil conseguir esse equilíbrio, não é? Parece que esse é, definitvamente, o desafio das mulheres de nosso tempo. Será?

    Ou ainda, será o grande desafio saber identificar que alguns pedaços da colcha de retalhos DEVEM ser maiores mesmo, e é preciso ter coragem para privilegiar uns, em detrimento de outros, em prol de uma vida feliz agora, no presente, e de uma consciência tranquila por ter feito a vida valer a pena, lá, no futuro? ... hum... ponho-me a pensar.

    Obrigada pela oportunidade de reflexão. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Ola!!
    Adorei teu blog..PARABENS!!
    ADQUIRI VARIAS IDEIAS SUAS..OBRIGADA
    gOSTARIA QUE ME DESSE IDEIAS DE ESPELHOS.
    ABRAÇOS
    TANIA
    BLOG:www.donatania227.blogspot.com
    email: tanialaci.vieira@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias