Administrando pequenas reformas

Quando a vida muda e a casa tem que se adaptar a essa nova realidade ou simplesmente porque você já não agüenta mais olhar para aquela parede todos os dias, é hora de mudar.
Mas mudar o que? Por onde começar? Como reformar com pouco dinheiro?

Comece a relacionar o que gostaria de ser feito, independente se é possível ou viável. Isso expõe tanto o sonho como as necessidades que levam a pensar numa reforma, ajudando nas decisões e estabelecimento de metas.

Para economizar
Planeje
tudo com antecedência, pense no que realmente te incomoda e que você deseja mudar como se, por exemplo, se precisara mesmo derrubar essa ou aquela parede, retirar antigos revestimentos...

Uma ótima dica para começar é ter em mãos um pequeno projetinho elaborado com a ajuda de um arquiteto.
Desta forma, é possível que você mesma possa administrar a reforma e economizar além de dinheiro, muita dor de cabeça.
Um arquiteto é imprescindível para ajudar a enxergar algumas coisas importantíssimas que passam despercebidas.

Quebrar as paredes certas faz muita diferença - Se por ali passam encanamentos, será preciso gastar mais com a realocação das tubulações.
Se as paredes exigirem reforços estruturais, os gastos também aumentarão.
Você sabia que com parte do entulho que restar da derrubada das paredes ajuda muito na economia de material, por exemplo?
O próximo passo e fazer a pesquisa de preços, saber custos aproximados; materiais, mão de obra, caçamba para retirada de entulhos... Enfim, de quanto será o seu gasto.

Mão de obra de confiança
- Faça no mínimo 3 orçamentos, para execução do mesmo trabalho.
- Solicite referências do profissional escolhido de outros serviços já executados por ele.- Verifique qual a especialidade deste profissional, ou se ele possui equipe qualificada para cada área distinta.
- Informe-se pessoalmente sobre todas as etapas que serão executadas e quais os produtos que serão substituídos. Ex: Não compre pias, sanitários torneiras etc. antes da hora. Vai ficar tudo encostado ocupando espaço, sujando... tem coisas mais importantes para serem adquiridas até chegar nessa etapa.
- Verifique se o profissional possui ferramentas adequadas para a execução do serviço e se estão em boas condições de uso.
O contrato da mão de obra deve prever um cronograma físico/financeiro de forma que os pagamentos sejam feitos por fases concluídas.
O último acerto só deve ser feito na entrega da obra. Não pague NADA antes.

Indo às compras
Sem muito dinheiro parece bem mais complicado decorar os ambientes da casa e deixar todos os cômodos em harmonia e com estilo. Porém, é importante usar a criatividade para trazer alternativas que deixem sua casa de cara nova sem desequilibrar o orçamento. Não tenha pressa.
Pesquisando
Pense que tipo de revestimento você gostaria, madeira, piso sintético, cerâmica, pedras...
Pontas de estoque são excelentes para adquirir revestimentos de marcas boas existentes no mercado e por ótimos preços - Mas atenção; - Compre de 10 a 20% a mais porque depois você não vai mais encontrar as peças. Geralmente são sobras ou mesmo produtos que sairão de linha.
Verifique a indicação de uso quanto à resistência, a escolha certa depende do tráfego a que o piso estará submetido nas condições de uso.
Ter toda essa trabalheira e depois descobrir que comprou um tipo de piso inadequado... Cruz credo!!, é de chorar, confesso que já paguei esse mico uma vez.

Quando o orçamento fica muito apertado, é preferível economizar na compra de cortinas ou luminárias para investir em bons materiais de hidráulica como cubas, torneiras e revestimentos cerâmicos.
Nas áreas molhadas, opte por revestimentos que vão até determinada altura.
Na cozinha, por exemplo, não há necessidade de revestir paredes onde ficam apenas armários, geladeira ou mesa, gera uma grande economia.
Existe também no mercado laminado especialmente desenvolvido para ser usado em parede - Inclusive pode ser aplicado diretamente sobre azulejos.

Aqui na minha pequena reforma da cozinha, fui obrigada a retirar todos os antigos azulejos que iam até o teto porque estavam descolando, já havia dezenas de buracos na parede. Para ganhar tempo e ainda 15% mais a menos optei por usar placas de gesso como revestimento de paredes, no lugar da massa fina; é rápida e seca em 15 minutos.
Depois recebeu pintura acrílica e revesti com azulejos apenas a área da pia da cozinha e tanque
.

Dá uma olhada no site da Casa.com para ver modelos de 27 conjuntos da dobradinha cubas e torneiras. Para cada tipo de cuba é necessário analisar a altura, a eficiência, a praticidade...Fique atento!
Revestimento para muros

Quem disse que as portas tem que ser brancas?

Mudanças no meio da obra
Perder o foco do objetivo inicial pode gerar desperdício de dinheiro e tempo, acarretando vários transtornos a todos, seja nos prazos e orçamentos estourados.
Uma coisa muito importante é avaliar a flexibilidade do projeto, muitas vezes não conseguimos realizar tudo como gostaríamos, temos que fazer por partes.
Por partes, também vou completando esse assunto ok?
Boa semana a todos.

22 comentários:

  1. Ler este post me inspirou um monte de idéias...
    Muito bom!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Yvone...
    Queria muito ter lido este post alguns meses atrás... Mas perregues deve ser "normal" numa reforma, por menor que seja.
    Eu tive os meus "problemas", mas a recompensa foi muito boa!
    ;)
    Valeu a dica!
    []s
    Carol

    ResponderExcluir
  3. essa porta ficou maravilhosaa!!

    bjosss...

    *********.*.*.*.*o*o*o*o*o****************
    ****************_____******o**************
    *******____====* ]OO|_n_n__][.************
    ******[________]_|__|________)<***********
    *******oo****oo**'oo*OOOO-|*oo\\_*********
    * +--+--+--+--+--+--+--+--+-$1-+--+--+--+--+

    ResponderExcluir
  4. Ai Yvone, seu blog acende as lamparinas do meu juizo sempre! hehehehe Bj adorei as dicas...

    ResponderExcluir
  5. Yvone,
    muito bacana o seu post sobre o planejamento da obra. Sempre comento com os clientes que o grande negócio é esse... porque sem este início, as chances das coisas sairem do controle são grandes. A obra em si já é uma coisa complicada, incômoda... são poucas as pessoas que levam bem. Emergências ocorrem e se as pessoas não se prepararem psicologicamente para isso, acabam se frustrando com a demora e com os acontecimentos.
    Por isso tem tanta gente que não quer nem pensar em mexer na casa... rs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Excelentes dicas.
    Embora eu não vá reformar, vou ter que encarar algumas adaptações no apê novo que sempre é entregue no cantrapiso e a gente acaba não gostando de algumas coisas como azulejos, louças, portas. Já estou pesquisando tudo o que gosto e o mais importante: os preços.
    Valeu mesmo pelas dicas.
    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  7. Oi Yvone, boas e preciosas dicas!! E quando se tem o orçamento apertado (como a maioria de nós, pois ninguém está com o burro na sombra, não é) a etapa do planejamento é muito importante. Tem momentos que fazemos as coisas meio sem planejar, por necessidade mesmo, uma mudança rápida, ou outro problema qualquer. No meu caso, errei ao escolher o piso dos quartos e sala da minha casa durante a primeira fase da reforma. Como o orçamento estava muito apertado e eu tinha outras prioridades (como telhado, trocar toda a fiação da casa, etc) optei por colocar o piso mais barato na época, a ardósia. Eu devia ter deixado sem piso mesmo até o momento em que pudesse colocar um piso melhor. Sei lá, devia ter feito um cimento queimado. Agora vou trocar o piso, mas para não ter quebradeira optei por colocar o piso por cima da ardósia, com uma argamassa especial. Já fiz isto na sala de visitas e ficou até bom. O problema é que dá um degrauzinho... fazer o que? A falta de experiência na época e a falta de planejamento me fez errar. Mas no fim, entre mortos e feridos, salvam-se todos, e dá tudo certo! Beijocas

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pelas dicas. Estou com idéias para reformar minha casa também, e é sempre bom ouvir a opinião de quem já passou por isso.

    :)

    ResponderExcluir
  9. olá, Santinha!
    que excelentes dicas para quem está pensando em reformar (não é o meu caso, apesar da casa estar precisando - terá que esperar ainda um bom tempo).
    é muito bom saber das dificuldades dos outros nesses assuntos, assim quem sabe, poderemos evitar muitas dores de cabeça.
    fica com DEUS e bjkinhas no coração....

    ResponderExcluir
  10. Yvone, parece frescura, mas contratar um arquiteto faz toda diferença.

    Eu fiz isso quando compramos nossa casa e a derrubamos para fazer outra. Se não fosse assim, nunca teria obtido o resultado de hoje.

    Sabe que vendo vc falar de mudança - algo que me causa certo arrepio - com tanto entusiasmo, faz com que eu reveja meus paradigmas?

    Notou que depois de visitá-la eu até mudei o layout do meu cantinho? Já é um começo, mesmo que com o antigo template, tenham ido o meu contador de visitas e meu registro do google analytics, cujos códigos esqueci de salvar... Mas toda mudança tem seu preço, né?

    Acho que ninguém aparece em nossas vidas por acaso, estou mudando aos poucos, sem tanto medo. Começando pelas coisas aparentemente insignificantes. Quem sabe o que há por vir?

    Essa cor rosa nas paredes já é a do seu apÊ? Gostei!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  11. Yvone, suas dicas são valiosas. Quando se fala de reforma, planejamento, criatividade e uma dose de paciência são de grande valia. Tenho que reformar minha casa também em breve e vou me lembrar de dar uma lida no seu tópico antes de começar. Obrigado pelas palavras que deixou em meu blog. Abraços!!!!!

    ResponderExcluir
  12. OI! Não entendi mais nada, teu nome é santinha? Se for quero fazer jus a tua obra, os fuxicos. Amei aquela imagem, achei criativa e diferente. Se for tua faço questão de citar teu nome. Yvone!!! peguei na imagem ,juro não sei de onde! Amiga, perdoe, por não ter citado a fonte. Beijocas Ana Lucia

    ResponderExcluir
  13. Gostei das dicas, bem realistas e criativas. Valeu a visita no meu blog também, apareça sempre querida! Abs

    ResponderExcluir
  14. Yvone, como sempre excelentes dicas, uma verdadeira aula de como administrar, confesso que me perco um pouco nao organizo, nao sigo etapas, vou assim na louca e dai o trabalho é dobrado e muitas vezes perdido, mas muito oportuno esse assunto.
    bjs querida

    ResponderExcluir
  15. Passa lá no Mundinho que tem presente para vc!

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Eu adoro reforma pena vivo sempre procurando grandes ou pequenas fazem parte adorei as suas postagens sobre o assunto dê uma passada nos meus blogs e se gostar participe da minha campanha e"EU TE SIGO VOCÊ ME SEGUE?"BJSSSSS

    ResponderExcluir
  17. Bom dia!


    Tenho marcenaria em São Bernardo do Campo, trabalho nesse ramo a mais de 20 anos, fiquei um bom período fora da área de produção mas estou retornando a fabricar. De 3 anos pra cá trabalhei na área técnica e montagem, fui encarregado de uma empresa de móveis alto padrão em Diadema(Kozza, entre no site e conheça seus produtos), nessa empresa eu era contratado como encarregado, mas na verdade fiz montagens, depois trabalhei na área de montagens da SCA e por último na empresa Elgin, nessa última exerci a função de encarregado de montagem, mas trabalhei com toda a parte técnica, fazia medições, liberações de obras, acompanhamento de montagem e entrega ao cliente. Tenho grande experiência na área de planejados alto padrão, trabalho com muita responsabilidade, tenho meus clientes como prioridade, pois eles vão me trazer outros clientes. Hoje estou com uma clientela pequena mas acredito que meu crescimento será a partir de uma parceria com profissionais que estejam no mercado com a responsabilidade de levar oque há de melhor ao seu cliente, não deixe de conhecer o meu trabalho, pois me comprometo a satisfazer por total o seu cliente

    Contatos 11- 89876631 11- 86622993

    Att.

    Edilson

    ResponderExcluir
  18. Carol Rivelli - Arquiteta

    Pessoal, sou arquiteta e decoradora, trabalho principalmente com pequenas reformas com custo acessível! carolrivelli@gmail.com

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias