O Quente do Inverno


A Famosa Sopa de Cebola do Ceasa
Quem é de São Paulo certamente já deve ter ouvido falar da fantástica Sopa de Cebolas do CEASA? Se não...

A fama começou em 1960, durante a construção do entreposto, um senhor dono de um boteco da região, foi convidado pela diretoria do Ceasa (hoje CEAGESP) para alimentar os peões que construíram a obra.
Oferecida de madrugada virou uma espécie de lenda culinária, a extinta Cantina São Rafael, que funcionou entre 1969 e 1977 servia o caldo estupidamente quente e gratinado, para espantar o frio. O restaurante do entreposto acabou, mas a fama permanece.

Quando garota, meu pai comprou nossa primeira casinha no bairro Alto de Pinheiros muito próximo da região do Ceasa, (época que conheci o entreposto, porque a mamãe ia toda semana à feira das plantas).
Papai chegou a nos levar uma vez lá para experimentar a gostosura que rapidamente passou a ser pedida certa entre os paulistanos de todas as classes sociais Era programa mesmo!
A receita é simples e muitos chefes passaram a incrementá-la e esta sopa que nunca falta no cardápio de inverno dos melhores restaurantes de São Paulo.
Anos depois quando passei a morar na Serra, fui atrás da receita e adaptei-a ao meu modo, faço até hoje e recomendo. É fácil e para mim já virou tradição, e motivo para reunir os amigos no sábado a noite.
Sopa de Cebolas
Ingredientes
1 tablete de margarina ou manteiga,
½ kg de cebolas cortadas em rodelas bem finas,
2 litros de caldo de carne, 2 colheres (sopa) de farinha de trigo,
Sal e Pimenta do reino a gosto,
Queijo gruyère, ou parmesão a gosto,

Modo de fazer:
Fritar bem a cebola na margarina ou manteiga com um bom fio de azeite e, na mesma panela adicione a farinha para alourar. Em seguida despeje o caldo para apurar.
Bata tudo no liquidificador ou mixer para desmanchar.

Montagem 1:
Serve-se em tigelas refratarias individual.
Coloque no fundo uma fatia de pão torrado; o creme por cima; o parmesão ou o grueyère em lascas; e leve ao forno. 
Gratinada chega fumegante à mesa.
Outra variação que dá um toque diferente e acrescentar umas pitadas de nós moscada.
Montagem 2:
Quando a sopa estiver pronta, grelhe levemente fatias de pão fresco de casca grossa no tostex no forno distribua o creme nas tigelas, cubra as fatias do pão grelhado salpique com bastante queijo - Queijo gruyère ralado grosso (pode ser mozarela, prato ou ementhal). Leve ao forno bem quente apenas para gratinar.

Servida no pão italiano também fica um arraso!

Curiosidade:
Em uma publicação antiga soube que os franceses também costumavam tomar sua Soupe a I’oignon no mercado municipal o “Lês Halles” de Paris. 

O Les Halles foi o mercado de alimentos da cidade durante séculos na região central parisiense, e é alvo constante de polêmicas arquitetônicas, soube que sofrerá nova reformulação.
Antes da demolição
Pensem olhando esta foto o que seria se não tivessem destruído esta bela obra.
Depois
A mudança não foi só física, mas também de conteúdo. Uma entrevista, realizada por um canal de televisão aquí do Brasil a dois jovens parisienses que passeavam como turistas no Mercado Central de São Paulo, pode nos confirmar isso: -Eles expressaram a sua pena por “não ter nada assim em Paris”, mostrando com clareza que ao ser extirpado da paisagem urbana Les Halles deixou de fazer parte do imaginário. 
Talvez ele ainda apareça em algum cartão postal, que é uma maneira de se reencontrar o passado. Uma pena!
Que tal preparar umas torradinhas à mais?
Mas, a Sopa de Cebola francesa acompanhada apenas de pão ou torradas e um bom vinho tinto continuam uma bela iguaria.
Salut!

25 comentários:

  1. Hum, adorei a receita! Só não vou fazer pq causa da bendita dieta... E margarina em excesso, o bicho pega!
    Mas de qualquer forma salvei no meu caderninho de receitas
    bjão

    ResponderExcluir
  2. Amei essa receita, vou fazer com certeza, depois manda uma receitinha light...rsss...eu queria muito uma receita boa de sopa, se tiver outras, manda...beijos...Su

    ResponderExcluir
  3. Yvone,
    estou a caminho de sua casa comer esta maravilha... brincadeira! (Quem me dera!)
    Mas quem manda você fazer uma post, tão lindo, tão caprichado e tão, mas tão, apetitoso?
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Fiquei morrendo de vontade de comer essa sopinha, afinal não tem nada melhor que uma boa sopa nesse friozinho.
    bj,bj,bj
    Simone Azevedo

    ResponderExcluir
  5. Menina, sou louca por sopas e neste ano, ainda não fiz a de cebola. Com o frio que anda fazendo pro aqui, acho que este vai ser o cardápio de hoje lá em casa. Vou pegar sua receita.

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto demais de cebola e alho, inclusive no pao! Acho o creme de cebola demais, apesar de ja ter ouvido falar sobre a sopa de cebola, eu nunca experimentei. Sei que ela ja foi bem famosa, mas tbm nao sabia que continuava famosa! rsrs
    E realmente ium alimento simples e saudadevel, so o cheiro depois que nao contribui, mas nao deixa de ser um otimo alimento!

    bjks

    ResponderExcluir
  7. Querida você leu meus pensamentos! Acordei pensando em procurar uma receita de sopa de cebola!
    Obrigada
    Beijos
    Lu

    ResponderExcluir
  8. Como voce sabe, amo sopa, agora no inverno entao...hummmmmmm tudo de bom, melhor ainda acompanhada de um bom vinho e um otimo cobertor de orelha, sabe daqueles que nao pinicam?kkk
    Adorei,
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Tem recadinho para voce no meu blog, dá uma passadinha lá

    bj,bj,bj
    Simone Azevedo

    ResponderExcluir
  10. Queridas amigas

    As sopas - O quente do Inverno continua na próxima semana.

    Para quem ama as sopas como eu aguarde mais receitas
    Nada de sopa pronta daquelas de pacote, de boteco, mas sopa bem feita, bem temperada... São capazes de curar tristeza, gripe, estômagos maltratados, fígado pedindo socorro, dor de cotovelo. É um bálsamo para os corpos fatigados e os corações tristes. Eu juro que é verdade!
    Aguardem!

    ResponderExcluir
  11. Huuuummm essa sopa deve ficar uma delícia, vou fazer!!!
    Bjs querida...

    ResponderExcluir
  12. Santinha,

    o vinho já cá está faltava mesmo a sopa de cebola que adoro :)))

    Apanhei a boleia e vim até aqui, adorei o que descobri, serei uma seguidora, mesmo que nem sempre me exponha, saiba que cá estarei a ler as tuas palavras.

    Um abraço e um beijo

    ResponderExcluir
  13. Nossa adorei a receita e aula gostosa de cultura. Que menina sábia. Conciliar culinária com cultura. Continue assim para que eu aprenda mais coisas.
    Com carinho Monica

    ResponderExcluir
  14. Yvone
    que delicía de POST... HUMMMM, adorei a receita!!!

    Ainda mais com este friozinho que tá rolando aqui no suRRR, benza Deus!!

    DEPOIS PASSA LÁ QUE TENHO UM MIMO PRA VOCÊ QUERIDA,
    Beijosss

    ResponderExcluir
  15. Aprendi a gostar da sopa de cebola justamente no antes CEASA .
    Fui muitas vezes lá depois dos bailes, era um programa e tanto.
    E os sanduiches de mortadela no Mercado?
    Ainda bem que temos o Mercado Central de São Paulo e o CEAGESP.
    Boas recordações...
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi, Santinha:

    Vim agradecer sua visita, e encontro a maravilhosa sopa de cebola !
    Meu sogros, quando fizeram suas primeiras excursões, na década de 70, voltaram falando dessa deliciosa sopa de cebola.

    Vou experimentar também...
    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Hummmm, vim aqui deixar recadinho sobre o Flickr e encontro uma receita saborosa, já me deu vontade de fazer , acho que sabado a noite é uma boa pedida. Vou providenciar. Santinha vc já colocou as fotos da Peposa lá no Flickr ? Eu não sie achar lá, aliás sou uma anta naquele site, não soube colocar comentário, nada , achei tanta coisa linda , tava até agora lá olhando e me deliciando. Se puder me dar umas dicas hehehhe, bjs

    ResponderExcluir
  18. Oh, Yvone! Um dia ainda terei coragem de provar uma sopa de cebola. Por hora, ainda não encaro. Mas seu post serviu para amolecer um pouco meu coração... ehehehe...

    Oh! Li atentamente suas sugestões para me certificar que estou no caminho certo. Sempre que penso em adquirir algo, penso duas vezes e reavalio se preciso mesmo daquilo, porque quem tem espaço pequeno não pode se dar ao luxo de guardar tantos cacarecos, né? Vou tentando fazer as coisas por aqui como você sugeriu e, sem dúvidas, o resultado é bem agradável aos olhos. ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Santinha,
    Passei para visitá-la e encontrei esse
    post saboroso, bonito e informativo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Amiga! me deu uma super vontade dessa sopa de cebola, sabe que horas são: 00:14!!! Que fome...
    Obrigada por sempre estar no bloguito e ter palavras tão doces.
    Bjokas flor.

    ResponderExcluir
  21. Que maldade ler este post agora à noite...a fome bateu e não tenho essa rica sopa à mão.
    Nem tenho a Patrícia para fazê-la....rsss.
    Adorei.
    Beijocas amiga.
    Saudades!!

    ResponderExcluir
  22. Esta sopa de cebola servida em São `Paulo suponho que seja famosa pelo Brasil afora. Aqui de Belo Hoirizonte já tive notícia dela.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  23. Santinha, voltei pra te trazer um selinho muito especial pq acho que seu blog merece.
    Um bom fim de semana, bjs

    ResponderExcluir
  24. Fiquei com água na boca, com essa sopa, yvone!
    Vou testá-la.
    Bjos

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias