Uma Rua realmente *AUGUSTA

A Rua Augusta, uma das mais antigas de São Paulo, esteve, desde o inicio, à frente do seu tempo. Uma das mais conhecidas vias da cidade, ela cresceu junto com a metrópole nas primeiras décadas do século 20 – não por tabela, mas como protagonista – e chegou aos anos 50 como ponto mais elegante da cidade. Era lá, de fato e de direito, que tudo acontecia. Basta lembrar a efervescência sócio-cultural dos anos 50, 60 e 70. A Rua Augusta tornou-se mística.

Nada mais natural para uma via que cruza os Jardins, um dos bairros mais distintos da cidade, atravessando augustamente a Avenida Paulista, e as alamedas mais famosas do país. Tudo acontecia na AUGUSTA. Tudo mesmo. Foi a única a ser acarpetada – Entre a Rua Estados Unidos e a Alameda Santos – tal o grau de civilidade de seus endinheirados transeuntes.

A partir de 1966, com a inauguração do Iguatemi, primeiro shopping de São Paulo, a rua foi perdendo espaço no coração da elite. Era o inicio da jovem guarda e os carros passaram a entrar na Augusta a 120 por hora, parando a quatro dedos da esquina. - Bye, Bye Jonny, Bye, Bye Alfredo, Quem é da nossa gangue não tem medo...

A decadência das décadas de 70 e 80 – quando o país assistiu atônito a um período de recessão sem precedentes – fez muita gente imaginar que a rua (como, aliás, muitas outras) havia morrido engolida pelos novos pólos de lazer que pipocavam em bairros distante do centro.

Que nada! Uma nova tribo, ainda mais arrojada, atrevida, quase insolente, adotou a Augusta como pátria. Tanta energia e vitalidade levaram a prefeitura a iniciar uma serie de reformas (mais do que merecidas e muito mais do que atrasadas) no finalzinho dos anos 90. Era a Rua Augusta provando, novamente, sua vocação para vanguarda. Calçadas remodeladas, passeios expandidos na região da Oscar Freire, fim da fiação dos decrépitos ônibus elétricos, retirada de outdoors e propagandas ostensivas, asfalto novo, respeitando o trânsito de pedestres.

Estive lá essa semana,dediquei uma parte da sexta-feira para bater perna nos Jardins em busca de inspiração, e umas comprinhas para presentes de natal e ter o que chamo de "beauty moments". A rua está ainda mais agitada, mais envolvente, mais moderna, democrática, elegante, hype, alternativa, descolada. Enfim, realmente AUGUSTA.

Vejam quantas idéias e sugestões bacanas para presentear com muito charme.

Coisas da Nature Market - Boleira artesanato do Marrocos R$ 70,00

Saladeira Porcelana Pintada à mão R$ 18,00 cada Cumbuca

Caneca para Chá - Um charme ter a tampa...R$ 28,00

Presente Fashion R$ 120,00 - Livro que conta a história da chita no Brasil - Idealização de Renata Mellão e Renato Imbroise

Para quem adora CANECAS

Pra Balada...Boom Box lj. 02-B

Pit Stop - Dona Shina

Para visitar, olhar, se inspirar, passear... No Dona Shina tem comidinha gostosa, chope bem tirado e bom papo num ambiente bacana.O que mais a gente precisa? Só falta saber o endereço do lugar e marcar um encontro com a turma lá. Então, anote:

- Nature Market - Rua Augusta, 2.624 11-3082-5342
- Galeria Ouro Fino – 2.690
- Boom Box - Bolsa de Disco de Vinil loja no. 2 térreo 11-3061-3772
- Loja Flock – no térreo lj.120 11-3898-2898
- Brechó – No térreo
- Pasta & Grill - Dona China – Rua Augusta, 2616 – 11-3085-8032 (Rodízio de Pizzas R$ 15,50 por pessoa e no almoço bufê à vontade por R$ 13,00 por pessoa, uma perdição!)


Todas as fotos dessa tarde repleta de surpresas e gratas recordações estão no meu Flickr.

5 comentários:

  1. realmente a augusta em um charme especial ,qqr pauliata como eu sabe seu valor
    bj amei o post.

    ResponderExcluir
  2. Yvone. Cresci em São Paulo e sempre soube do glamour social e cultural da Rua Augusta. Foi muito legal relembrar deste lugar lendo seu post.
    Bjs, uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  3. Oi Yvone adorei as dicas de compras, amei a saladeira muito fofa.
    Bjos e uma ótima semana p vc!

    ResponderExcluir
  4. Primeiramente, obrigada pelas dicas para minha festa, todas anotadas, depois posto o resultado de tudo.
    E sobre seu blogger, parabéns, ameiiii, tudo de bom... amo essas dicas, essa criatividade feminina...
    Lindo, lindo, lindo.
    Beijos

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias