Exercitando o silencio

Muitos povos orientais conhecidos pela prática da meditação fazem-na em silêncio, pois é neste estado que conseguem encontrar a paz na mente e no coração, que é tão preciosa e tão escassa no mundo onde vivemos.
Dias atrás, li na biografia de Mahatma Gandhi um tópico que afirma um detalhe interessante: durante um dia da semana, ele se recolhia e ficava por 24 horas tendo como companheiro apenas o silêncio. Naquele dia, nada, nem ninguém, ouviria uma sílaba pronunciada por ele.

Recentemente, vivenciei esta prática e senti-me como se tivesse feito uma faxina interior.
O silêncio nos envolve e é preciso silenciar para ouvir, silenciar para recuperar a saúde física e mental - O mundo anda doente.
Na verdade neste dia do meu silêncio total e não planejado, percebi que antes tinha que silenciar meu barulho interior e não é nada fácil ficar em silencio e ainda se distanciar do barulho exterior. Neste estado, pensava comigo mesma como seria bom se a gente descobrisse cedo o valor do silencio antes de se vangloriar por não levar desaforo para casa.
Mas, a maturidade nos abre horizontes, mostra que a força espiritual é muito maior que qualquer força física e que esta força é sim originária da reflexão, da consciência, da meditação e do silêncio.
O silêncio pode de fato preencher espaços gigantescos acumulados de palavras que não precisariam ser ditas. Estou praticando.
Convido a todos a começar a exercitar o silêncio. Vai ser bom para o seu espírito.
Encontre paz, encontre seu silêncio e viva melhor.

Há um silêncio dentro de mim. E esse silêncio tem sido a fonte de minhas palavras". Clarice Lispector

8 comentários:

  1. Sabes que eu tenho percebido, depois de muito tempo "não levando desaforo para casa" que o silêncio é mais ensurdecedor para alguns que os gritos que a gente possa dar com eles. Tenho tentado essa prática também e o silêncio tem sido uma companhia constante desde pouco tempo atrás.
    Gracias.
    http://vidanadaperene.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Como diz, boca fechada nao entra mosquito, tambem estou querendo praticar o silencio, muitas vezes doi mais que palavras.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Yvone!
    Eu tento muito praticar o silêncio e começo a perceber como o barulho dos outros é incomodativo, mas prefiro não ser intransigente e deixo para praticar o silêncio quando estou só e isso só acontece quando estou em casa. Daí é que escuto os barulhos; É o eco que fica em nossa mente dos barulhos anteriores; é o purificador de água e a geladeira que ficam de zumzum constante... Noutro dia soube que a função "stand-by" fazem um barulho imenso em nossa mente, principalmente na hora do sono. Então, essa tecla precisa ser desligada do quarto e isso quer dizer que é bom ter aparelho eletrônico no quarto, incluindo o rádio relógio, celular... que dirá o ar condicionado... estou achando cada vez mais difícil escutar o silêncio...
    :)
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  4. fazem = Faz
    :)
    Que barulheira!!
    + Beijus,

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Achei este post muito interessante, pois o silêncio é realmente muito importante. Desde sempre a prática do silêncio faz parte dos confinamentos espirituais e é uma das disciplinas a serem dominadas por todos os que querem obter uma elevação espiritual. Eu sempre fui muito tagarela, por isso sei, por mim mesma, que isso tem muitas desvantagens, rsrs. Atualmente existem até estudos médicos que afirmam os benefícios do silêncio.

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Minha principal meta para este ano era falar menos, ouvir mais, meditar mais. Persisto no objetivo, mas ainda estou distante do que planejo pra mim!
    Abraço, linda semana!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Yvone, é um exercício, confesso que tenho que praticar bastante, e não tenho dúvida dos benefícios. Beijo

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias