Como alugar um imóvel

De uma forma geral, encontrar o imóvel certo e ser um bom inquilino é algo que dá trabalho.
Essa semana ajudando uma amiga a procurar um imóvel, lembrei-me de algumas saias justas pelos quais passei e resolvi colocar no papel para dividir com vocês algumas dicas importantes que devem ser bem observadas na hora de alugar um imóvel.
Sempre vá ao imóvel que pretende alugar
Apesar de adorar a Internet e de resolver muitos de meus problemas através dela, recomendo que não faça isso quando for pensar em alugar uma casa ou apartamento. Mais, vá ao imóvel durante o dia, de noite e no final de semana.
Você pode descobrir, depois de ter assinado o contrato, que toda quarta-feira acontece bem na sua rua uma feira e que a barraca de peixes, por exemplo, é bem na sua porta
.
Sua melhor companhia na primeira visita ao imóvel é sempre a câmara fotográfica
Fotografe o que achar problemático, registre a data da visita e mantenha um "dossiê" sempre à mão quando for negociar valores e condições junto à imobiliária e (ou) dono do imóvel.
Preocupe-se com os vizinhos
Eles, afinal de contas será sua companhia durante muito tempo. Procure conversar com os funcionários do condomínio e com os vizinhos - Saber onde vai pisar e dormir faz muita diferença.

Faça um diagnóstico da região
Se você tem filhos pequenos, não vai querer que eles precisem atravessar toda a cidade para chegar à escola, certo? Procure pesquisar sobre a infra-estrutura do bairro, das ruas ao seu redor. Algumas questões a ser levantada: há restaurantes por perto? E Supermercado, feira, escola, universidade, ponto de ônibus, de táxi, shopping?

Se seu caso for alugar apartamento, procure saber quanto custa o condomínio e o IPTU -  Em alguns casos os valores podem não estar dentro de seu orçamento e é melhor descobrir isso antes de alugar.

Lute por um bom contrato (para você) - É comum encontrar contratos que promovem multas para quem queira desistir, mesmo depois de 24 ou 36 meses.
Só assine se esta cláusula estipular no máximo 12 meses como tempo de permanência no imóvel. A vida é cheia de imprevistos!

A grande maioria das casas e apartamentos que você vai visitar apresenta algum problema. Faça as coisas com calma e, na dúvida nunca feche o negócio. A pressa, no mundo das finanças pessoais é quase sempre inimiga da perfeição.


Olho Vivo no contrato de locação
A decisão de alugar um imóvel residencial é tão importante quanto à de comprar. Qualquer deslize no contrato ou uma cláusula que passe despercebido pode causar dores de cabeça e prejuízos ao inquilino.

Antes de assinar o contrato, informe-se sobre qual forma de garantia será exigida dele.
Taxas como as de informações cadastrais e de elaboração de contrato devem ser pagas pelo proprietário. Se a imobiliária insistir em cobrá-las do inquilino, este deve exigir recibo discriminando a destinação dos valores.
De posse desse documento é legalmente possível solicitar a devolução da importância paga.
GarantiasO inquilino é obrigado a apresentar somente um tipo de garantia:

- O aval de um fiador, que se responsabiliza pelo cumprimento das obrigações assumidas pelo locatário, caso esse não as cumpra;
- Um seguro-fiança, contratado numa companhia seguradora e que corresponde ao pagamento mensal de uma quantia para cobertura de eventual aluguel não pago, costumam exigir comprovação de renda e isso muitas vezes pode ser um entrave muito comum, aliás.
- Ou caução em dinheiro, que é depositado em caderneta de poupança e restituído ao locatário ao término da locação acrescido dos juros e correção do período (descontadas as pendências como contas em atraso, por exemplo).
Pela Lei do Inquilinato, o valor dessa caução deve ser de, no máximo, três meses de aluguel.

Alugou!
Não vá derrubando paredes e arrancando janelas só porque julga necessário. Não reforme nada sem autorização formal (escrita) do locador. Simples assim.
Trate bem as correspondências do dono/locador. Se, por ventura, alguma conta, carta, revista ou documento ainda chegar ao imóvel mesmo depois de você já ter se mudado, comunique ao proprietário e (ou) à imobiliária. Seja gentil, um dia o dono do imóvel pode ser você.
Pague em dia as contas de água, luz, serviços públicos e impostos e seja feliz!

18 comentários:

  1. Yvone
    Anda tão difícil de achar imóveis para alugar em SP... sei por vários amigos que está difícil.
    Mas realmente toda atenção é pouco!!!!!! Tem que ficar de olho.
    Beijos
    lelê

    ResponderExcluir
  2. Yvonne, alugar é um verdadeiro ritual, muitos pontos devem ser levados em conta, vc deu dicas ótimas para a galera!! Felizmente, já me livrei do aluguel há uns 3 anos, mas sei bem o que é!! beijocas

    ResponderExcluir
  3. Achar apt pequeno para alugar em São Paulo hoje em dia está um verdadeiro caos! É um horror pq todos os critérios vão por água a baixo com o desespero né!? Mas suas dicas são preciosas! Bjs

    ResponderExcluir
  4. Yvone,
    Passei para dar um alô e conhecer o novo lay-out. Gostei.
    E as dicas, muito boas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ei Yvone, mto bom o post, santas dicas!! To alugando uma casa nesse instante, e me atentei a exatamente essas coisas, só esqueci de tirar as fotos dos problemas pra montar meu dossiê, mas ainda dá tempo!! Valeu
    bjinhos
    e o novo layout ficou lindo!!

    ResponderExcluir
  6. Esse post é muito bom e esclarecedor, vou indicar no blog nos posts da semana.

    ResponderExcluir
  7. Oi yvone,

    Muito boas suas dicas neste post,até para o locador! Graças a Deus, tenho casa própria.
    Obrigada pela visita, e o ponto oitinho é muito fácil e simples de fazer, pra quem gosta de bordar,é claro!!!Como eu!
    Beijos
    Lola BH

    ResponderExcluir
  8. Oi , quantas dicas preciosas, pois so quem já passou por algum problema sabe como é depois pra resolver.
    Um beijo grande
    Luiza

    ResponderExcluir
  9. Muitas destas dicas valem também para quem vai comprar um imóvel. Aprendi muito, há dois anos atrás, quando comprava o meu. Uma dica importante: ignore o que diz o corretor: ele quer apenas ganhar comissão e, em geral, não conhece muito bem o imóvel. OLHE a lâmina do condomínio, não acredite no que dizem.
    E entre com o pé direito (que uma simpatazinha não faz mal a ninguém, né?)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Ótimas dicas Yvone!! Acho que é melhor procurar e resolver cada coisa com muita calma, ainda mais se for comprar um imóvel!

    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Menina

    Sei muito bem o que é isso.
    Acabo de alugar um imóvel e passei por vários perrengues relatados lá no blog.
    ótima dicas, como sempre.

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. E do jeito que você diz. E tem que terPACIENCIA para achar aquilo que é de seu gosto e de suas posses.
    com carinho MOnica
    BOa dica

    ResponderExcluir
  13. Yvone, adorei esse post, ta aqui salvo. Super util !!

    ResponderExcluir
  14. Quando compramos ou alugamos um imóvel tem muita coisa envolvida: local, prédio, vaga, condições do imóvel, valores, localização, etc.
    O que mais me assustava quando procurava o meu era as condições do apto.. algumas pessoas são muito sujas e desorganizadas...rss
    beijocass

    ResponderExcluir
  15. Querida

    Tem selinho pra você lá no Mundinho. Passa lá.

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Yvone, querida!
    Muito grata por lembrar-se da Gamela Presentes no post da Susi.
    Sinto-me lisonjeada.
    Gostaria de acrescentar um ítem p/ enriquecer o seu post.
    É importantíssimo saber se o imóvel é invadido por água em épocas de fortes chuvas.
    Um beijo.
    Fátima.

    ResponderExcluir
  17. Yvon eu adorei as dicas. poos colocar este texto no meu blog? Com devidos céitos é claro...
    Beijocas

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto



Visualizações

Categorias