Metamorfose

Como na musica de Raul Seixas podemos preferir ser uma metamorfose ambulante a ter aquela velha opinião formada sobre tudo. A sociedade cria padrões e sempre espera nossa coerência de atitudes. Até que um dia...
Por aqui, desde que iniciei este blog já contei em prosa e verso praticamente todos os altos e baixos sobre as minhas experiências domésticas.
Por tanto, continuar este blog tem sido difícil depois que resolvi verdadeiramente viver simples.
Hoje, alem de ter resumido ao máximo as tarefas diárias, só faço o que me dá prazer imediato – mudei radicalmente a forma de encarar minha casa e minha vida.
Não compro quase mais nada para a casa, a menos que ame de paixão ou que seja realmente útil. A compra, manutenção, seguro, armazenamento e, eventualmente, a eliminação de nossas coisas suga nossa energia preciosa vida.
Desde que eu decidi ter menos coisas, eu tenho… mais tempo pra minha família (curtir a Valentina), menos coisas sobre as quais me preocupar, mais dinheiro guardado...

Para você que ainda não chegou lá, hoje gostaria de deixar este pequeno raciocino que um dia chegou para mim, de autor desconhecido:

Não deixe suas panelas brilharem mais do que você!!!!
Não leve a faxina ou o trabalho tão a sério 

- A VIDA É CURTA… APROVEITE-A!!!
Tire o pó... Se precisar... - Mas não seria melhor pintar um quadro ou escrever uma carta, dar um passeio ou visitar um amigo, assar um bolo e lamber a colher suja de massa, plantar e regar umas sementinhas? Pese muito bem a diferença entre QUERER e PRECISAR!
Tire o pó… se precisar… Mas você não terá muito tempo livre…
Para beber champanhe, nadar na praia (ou na piscina), escalar montanhas, brincar com os cachorros, ouvir música e ler livros, cultivar os amigos e aproveitar a vida!!!
Tire o pó… se precisar… Mas a vida continua lá fora, o sol iluminando os olhos, o vento agitando os cabelos, um floco de neve, as gotas da chuva caindo mansamente…. - Pense bem, este dia não voltará jamais!!!
Tire o pó… se precisar… mas não se esqueça que você vai envelhecer e muita coisa não será mais tão fácil de fazer como agora…
E quando você partir, como todos nós partiremos um dia, também vai virar pó!!!
Ninguém vai se lembrar de quantas contas você pagou, nem de sua casa tão limpinha, mas vão se lembrar de sua amizade, de sua alegria e do que você ensinou.
AFINAL: “Não é o que você juntou, e sim o que você espalhou que reflete como você viveu a sua vida.”


Bom, estou apenas começando minha nova jornada. Aos poucos vou me livrar de tudo o que me estressa, me distrai e é desconfortável e vou manter tudo o que me traz alegria e uma sensação de bem estar. 
Vou eliminar todos os excessos e descobrir quem eu realmente sou.
Um abraço carinhoso pra você.
Yvone pereira


Visualizações

Categorias